Muita coisa para poucos dias

  • segunda, 01 abril 2019 00:00
Reforma do Rei Pelé: tem muitas coisa para fazer; Ritmo das obras deu uma acelerada Reforma do Rei Pelé: tem muitas coisa para fazer; Ritmo das obras deu uma acelerada Alberto Oliveira

 

 

 

O Governador Renan Filho realizou na manhã desta segunda-feira uma vistoria no que está sendo feito no Estádio Rei Pelé para adaptar o maior palco esportivo de Alagoas para o caderno de exigências para a disputa da Série A.

Existem dois lados, duas visões de ver as coisas. O Governo do Estado , políticos e secretários mostraram otimismo com as obras e existe a afirmação que ‘tudo estará pronto antes da estreia do CSA na Série A.

A outra visão mostra uma demora na execução das melhorias e uma promessa que tudo que foi prometido como melhora será diluído até o final do ano.

Entendo que o poder público tem na burocracia um adversário contundente, de qualidade e de uma marcação implacável.

Algumas informações, mesmo para este momento de otimismo, soam como preocupantes. Vejamos.

Os novos bancos serão enterrados no lado onde ficam as cabines de imprensa. O ritmo da obra é acelerado mas a empresa já informou que precisará de vinte dias para finalizar tudo. Qualquer imprevisto, qualquer atraso, tudo ficará pronto no limite máximo. No sábado existia um isolamento no local do primeiro buraco aberto e os delegados da Federação Alagoana de Futebol (FAF) mostravam preocupação com algumas estacas colocadas próximas do campo de jogo, fato que podia machucar jogadores. Além disto deixo uma pergunta: É possível utilizar um campo com reformas dentro dele?

Já em relação ao placar eletrônico, o Governo seguiu todo o trâmite burocrático, exigido pelo processo de licitação. Resultado divulgado, firma vencedora, que venha o novo placar. Certo?

Não. A informação é que uma das empresas derrotadas solicitou uma revisão no processo e tudo foi parado. Isso atrasará a instalação do novo placar. Ainda haverá a necessidade de testes, cursos para qualificar servidores para finalmente colocar o placar para funcionar. Será que tudo isso será possível antes do jogo contra de estreia do CSA em Maceió contra o Palmeiras?

As arquibancadas altas e baixas terão suas cadeiras completamente retiradas. Torcedores reclamaram no sábado que o local onde foram retiradas as peças mostram um acumulo de ferrugem. Mas dá tempo de limpar e pintar todo o Estádio.

O gramado é outra preocupação. É possível melhorar a qualidade do gramado até o começo da Série A. No entanto são muitos jogos até lá e o prazo entre a partida final do Alagoano e a estreia do CRB – uma semana antes – e do CSA – duas semanas depois da final do Alagoano, é um fator dificultador para que o gramado esteja 100%.  Não vou nem citar chuva que poderá ser um fator de crescimento do gramado com o tratamento adequado, mas também deixará o gramado mais suscetível da danos durante os jogos. Mesmo assim, acredito que o gramado estará bom, não 100%, não com a qualidade que já tivemos com gramado nota cinco dado pela FIFA mas bom para CRB e CSA no Campeonato Brasileiro.

As reformas do vestiário da arbitragem, da sala de exame anti-doping, da sala do comando da Polícia, da sala que deverá ser usada pelo VAR também estão a todo o vapor e com obras assim, em cima da hora, problemas podem ocorrer.

O restante das melhorias, extremamente importantes, por sinal, pois terão impacto direto junto ao consumidor/torcedor estão sendo tocadas, com destaques para a melhoria dos banheiros femininos. Mas estas obras – e outras, como melhoria das cabines de imprensa, ficaram diluídas ao longo do ano. Uma reivindicação da imprensa esportiva também ainda não tem uma resposta concreta: receberemos todos a mídia nacional sem o estádio ser dotado de wi-fi ofertando qualidade de trabalho para todos.

Sei que são muitas perguntas e muitas questões, muitas vezes que imperam na burocracia e no pouco tempo para resolução dos problemas, mas vamos torcer para que pelo menos, a maquiagem inicial possa mostrar-se ‘bonitinha’ para nossa mais ‘bonita’ joía.

Por fim não ache que o texto é algo relacionado ao dia 1 de abril.

É verdade isso que está escrito

Assinado: Alberto Oliveira

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.