LARGOU PARA O TRI

  • domingo, 30 abril 2017 00:00
A primeira partida decisiva deu vantagem ao CRB que derrotou o CSA por 1 a 0 A primeira partida decisiva deu vantagem ao CRB que derrotou o CSA por 1 a 0 Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

Com gol de ‘artilheiro das decisões’, CRB vence, abre vantagem e fica a um empate do tri

 

Mailson (CRB) articulou situações de jogo principalmente no 1º tempo - Foto: Ailton Cruz

 

 

O primeiro jogo da decisão do Campeonato Alagoano teve um velho personagem como protagonista. O atacante Neto Baiano, autor de dois gols na final do ano passado, marcou o gol da vitória regatiana.

O gol marcado surgiu no minuto final do 1º tempo. Após um lance de ligação direta, o zagueiro Douglas Marques falhou, deixou a bola passar e Neto Baiano acreditou no lance, dividiu com Jeferson e conseguiu o desvio para o fundo das redes.

No próximo domingo, o CRB jogará pelo empate para ser tricampeão. Para ser campeão, o CSA precisará de uma vitória por dois gols de diferença. Caso o CSA vença por um gol, a decisão será em uma prorrogação de 30 minutos ou se permanecer empatado, a decisão será em tiros livres diretos da marca da penalidade.

O Jogo

A partida começou com as duas equipes buscando definir espaços na partida. Até de forma surpreendente, o CSA saiu para o jogo, mas não conseguia incomodar. O time não tinha finalização. O CRB encaixou a marcação a partir dos dez minutos, passou a sair para o jogo mais também não conseguia finalização.

O jogo rodou muito com faltas e jogadas de bola parada, mas sem nenhum efeito prático dentro da partida.

Somente aos 45 minutos, o CRB chegou ao primeiro gol. Após um lançamento direto para a área do CSA, o zagueiro Douglas Marques se abaixou, Neto Baiano acreditou na jogada, chegou para dividir com o goleiro Jeferson e tocou de leve, apenas o suficiente para desviar para o gol e explodir o torcedor regatiano nas arquibancadas.

O CSA começou o segundo tempo sem parecer ter sentido o gol. Buscando o jogo e tentando o empate. Mas o primeiro lance de perigo no tempo final foi para o CRB. Após Maílson arrancar, puxar a bola para dentro e virar o jogo para o lado contrário, Edson Ratinho chutou cruzando e Jeferson fez uma boa defesa.

Aos 11 minutos, o CSA conseguiu criar uma situação de jogo para buscar o empate. Após uma articulação, Celsinho curzou, Jacó se jogou tocou na bola e assustou o goleiro Juliano.

O CSA seguia buscando o gol de empate. Aos 21 minutos em uma falta de média distância, Daniel Costa com muita precisão e velocidade. O goleiro Juliano espalmou e evitou o empate. O CRB buscava se defender e somente no erro do CSA tentava o ataque. Aos 32 minutos, o CRB encaixou uma jogada com Maxwell pelo lado direito, a bola foi cruzada para área e a defesa do CSA afastou, evitando que Elias mandasse para o gol.

O CRB poderia ter ampliado o resultado e a vantagem do CRB. Após uma jogada de Elias pelo lado, Chico bateu de primeira e não conseguiu ampliar, errou a finalização. Eram 41 minutos, quando Everton Heleno teve uma jogada individual, abriu para bater para o gol e o zagueiro Flávio Boaventura se chocou e bloqueou a finalização do artilheiro do campeonato.

Ficha Técnica

CRB 1 x 0 CSA

Campeonato Alagoano -  Decisão – 1º Jogo

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA-RJ)

Árbitro Assistente 1: Wagner José da Silva (CBF-AL)

Árbitro Assistente 2: Ana Paula dos Santos (FAF)

4º Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (CBF-AL)

5º Árbitro: Benilson dos Santos Silva (FAF)

Renda: R$ 207.748,00 Público: 11.176 torcedores (com 9.066 pagantes)

Cartões Amarelos: Flávio Boaventura, Gabriel, Marcos Martins (CRB) Celsinho, Everton Heleno, Daniel Costa, Cleyton, Dawhan(CSA)

Gols: Neto Baiano (CRB) 45’ do 1º tempo

Equipes:

CRB: Juliano, Marcos Martins, Flávio Boaventura, Gabriel e Diego; Adriano e Yuri; Edson Ratinho, Chico (Danilo Pires) e Maílson(Maxwell); Neto Baiano(Elias)

Técnico: Léo Condé

CSA: Jeferson, Celsinho, Thales, Douglas Marques e Rafinha; Dawhan, Everton Heleno, Didira e Daniel Costa(Rayro); Vanger (Jacó) e Cleyton(Jeam)

 Técnico: Oliveira Canindé

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.