VOLTANDO AO TOPO

  • domingo, 04 março 2018 00:00
Comemoração do gol do CRB: vitória na eficiência no clássico Comemoração do gol do CRB: vitória na eficiência no clássico Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

CRB bate o CSA, reassume a liderança, com falha de Mota e com domínio azulino

 

 Foto Painel: Douglas Araújo - ASCOM CRB

O primeiro clássico do ano foi muito movimentado. Jogando de forma eficiente, o CRB venceu o jogo por 1 a 0, com um gol marcado por Juninho Potiguar em uma falha do goleiro Mota, que tinha a bola dominada e acabou soltando nos pés do atacante regatiano.

O Galo apresentou constância defensiva, soube sofrer e ganhou o clássico na eficiência. Apesar do CSA ter o domínio das ações, o maior volume de jogo, o time azulino não conseguiu penetrar no sistema defensivo regatiano.

Com a vitória, o CRB reassumiu a liderança da competição, somando 16 pontos. O CSA perdeu a liderança, ficou no 2º lugar, com 14 pontos.

Na última rodada da fase de classificação, que acontecerá na 4ª feira, 07, o CRB enfrentará o ASA, no Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, ás 21h45. No mesmo horário, o CSA enfrentará o Coruripe no Estádio Rei Pelé.

O Jogo

O CSA começou tomando a iniciativa e logo aos dois minutos, Didira criou uma jogada, trouxe para o corredor central e Josimar recebeu a bola, girou para o gol. João Carlos fez a defesa.

A proposta de jogo do CSA envolvida com posse de bola, transição em velocidade e troca de posicionamentos dos homens de frente iniciou o jogo levando vantagem sobre o jogo do CRB com a procura de bolas longas nos corredores.

A primeira finalização do CRB foi aos 22 minutos. Jogada iniciada por Juninho Potiguar que tabelou com Neto Baiano, o camisa 11 do CRB chutou já dentro da área, mas muito fraco, Mota caiu e fez a defesa.

Dois minutos depois, Daniel Costa teve espaço e deu uma linda assistência para Josimar que entrou na área e finalizou em cima do goleiro João Carlos, perdendo uma excelente oportunidade.

A resposta do CRB veio aos 32 minutos. Juninho Potiguar dividiu com John Lennon e foi mais esperto e já na linha de fundo tocou para o meio da área, Neto Baiano encheu o pé mas isolou.

O Galo encaixava seu melhor momento. Aos 35 minutos passe pelo lado da defesa do CSA, Juninho Potiguar estava no lado inverso e tentava a penetração, Mota saiu absoluto no lance, mas soltou a bola, dando um rebote incrível, esperto Juninho Potiguar deu um toque para o fundo do gol: CRB 1 a 0.

Após tomar o gol, o CSA ainda tentou criar situações ofensivas principalmente pelo alto, mas o CRB conseguiu se defender e segurar a vantagem no tempo inicial.

As propostas permaneceram no segundo tempo. O CSA buscando o jogo, procurando ter a posse de bola e tentando a penetração. O CRB se defendendo com eficiência e na transição em velocidade.

Em desvantagem no marcador, o CSA buscou o jogo de forma intensa. Possuía mais posse de bola, mas não conseguia finalizar.

O primeiro lance de grande perigo no tempo final veio apenas aos 28 minutos quando Josimar foi derrubado na entrada da área por Anderson Conceição. O zagueiro do CRB foi expulso. Na cobrança de falta Daniel Costa cobrou com muita categoria e assustou o goleiro do CRB, a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Trinta e três minutos e o CSA quase empata. Finalização de Josimar da entrada da área, chute com perigo e João Carlos fazendo uma grande defesa.

Ficha Técnica

CRB 1 x 0 CSA

Campeonato Alagoano – 8ª Rodada – Fase de Classificação

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió)

Árbitro: Denis Ribeiro Serafim (CBF)

Árbitro Assistente 1: Rondinelle dos Santos Tavares (CBF)

Árbitro Assistente 2: Maxwell Rocha da Silva (CBF)

4º Árbitro: José Jaini Oliveira Bispo (FAF)

Renda:  Público:

Cartões Amarelos: Dawhan (CSA) Willians Santana (CRB)

Expulsões: Anderson Conceição (CRB)

Gols: Juninho Potiguar (CRB) 35’ do 1º tempo

Equipes:

CRB: João Carlos, Ayrton, Flávio Boaventura, Anderson Conceição e Diego; Feijão e Willians Fernandes(Juliano); Edson Ratinho, Willians Santana e Juninho Potiguar (Edson Borges); Neto Baiano

Técnico: Mazola Júnior

CSA: Mota, John Lennon, Roger, Xandão e Paulinho; Dawhan (Yago) e Yuri; Didira (Caique), Daniel Costa e Giva (Michel Douglas); Josimar

Técnico: Marcelo Cabo

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.