AGORA SIM, É 38

  • domingo, 08 abril 2018 00:00
CSA marca o segundo gol e comemora: campeão com coração CSA marca o segundo gol e comemora: campeão com coração Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

Em 1º tempo intenso, CSA consegue vitória que precisava e assegura título estadual após 9 anos

 

A sonhada virada aconteceu. Após perder o 1º jogo por 1 a 0, o CSA venceu o segundo jogo por 2 a 0 e conseguiu o título alagoano. A conquista do CSA teve como fator decisivo o tempo inicial. Os gols do título foram marcados por Didira e Daniel Costa.

Ao longo de todo o tempo final, o CSA se defendeu com eficiência e em pelo menos três lances, o time mostrou ‘cara de título’: Neto Baiano cabeceou a bola na trave, Alexandre Cajuru fez uma defesa excepcional e Xandão tirou de bicicleta uma cabeçada de Feijão.

Ao final de seis minutos de acréscimos, quando Wilton Pereira Sampaio decretou o final do jogo, a explosão do torcedor nas arquibancadas e a festa dos jogadores em campo deram início a conquista do título azulino.

O Jogo

Logo aos dois minutos, o CSA criou a primeira oportunidade. Xandão fez o lançamento, Echeverria ajeitou no peito, Michel Douglas tocou e Didira entrou na área em diagonal e finalizou para uma grande defesa de João Carlos.

Diferente da outra partida, o CRB saiu um pouco mais para o jogo e tentava pelos lados criar oportunidades para finalizações.

Seguindo no seu estilo de jogo, o CSA insistia nas trocas de bolas e na busca por um melhor posicionamento. Aos 14 minutos, Didira criou a jogada, Yuri tocou para Daniel Costa e este encontrou Michel Douglas, no ponto futuro, ele dividiu com João Carlos e o goleiro do CRB fez uma ótima defesa.

Mas aos 19 minutos, o CSA chegou novamente e marcou. Erro na saída de bola de Flávio Boaventura, recuperação do CSA e lançamento para Echheverria, Juliano falhou, Echeverria ganhou na velocidade e chutou cruzado, João Carlos defendeu parcialmente, mas no rebote, Didira chegou primeiro que Flávio Boaventura e finalizou marcando o gol azulino.

A primeira finalização do CRB só aconteceu aos 33 minutos, Willians Santana fez a jogada girou para cima de John Lennon e tocou para Leilson, mas ao finalizar chutou fraco.

Dois minutos depois, contra ataque mortal do CSA, Didira cruzou, Daniel Costa ajeitou e Echeverria chutou para mais uma defesa do goleiro João Carlos.

Aos 36 minutos, uma falta de Xandão em Ayrton causou um pequeno tumulto. O lance levou o árbitro Wilton Pereira Sampaio a aplicar três amarelos. Além de Xandão, autor da falta, Neto Baiano e Daniel Costa, capitães das equipes, também foram amarelados.

Já na reta final do tempo inicial, jogada vinda da cobrança de lateral com Rafinha, a defesa do CRB não cortou e Daniel Costa finalizou, marcando o segundo gol azulino.

O CRB veio para o segundo tempo com ‘fogo nas ventas’. Em dez minutos, o time construiu mais situações que em todo o tempo inicial. Na principal delas, Ratinho cruzou e Neto quase marca de cabeça.

O CRB voltou a assurtar em uma bola pelo alto. Após cruzamento, Neto Baiano cabeceou e a bola explodiu no travessão.

Aos 37 minutos, o CRB quase marca. Após Feijão cabecear, Alexandre Cajuru salvou com uma defesa excepcional, ainda no rebote, Xandão salvou com uma bicicleta.

Na reta final do jogo, o CRB seguiu pressionando com bolas pelo alto, com a ligação direta mas o CSA fortaleceu a marcação, lutou muito e garantiu a vitória e a conquista do título.

Ficha Técnica

CRB 0 x 2 CSA

Campeonato Alagoano – Decisão – 2º Jogo

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO

Árbitro Assistente 1: Bruno Boschilia (FIFA-PR)

Árbitro Assistente 2: Bruno Rafael Pires (FIFA-GO)

4º Árbitro: Rejane Caetano da Silva (FIFA-RJ)

Renda:  Público:

Cartões Amarelos: Willians, Willians Santana, Neto Baiano, Anderson Conceição (CRB) John Lennon, Leandro Souza , Xandão, Daniel Costa, Yuri(CSA)

Expulsões: Daniel Costa (CSA)

Gols: Didira (CSA) 19’ e Daneil Costa (CSA) 44’ do do 1º tempo

Equipe:

CRB: João Carlos, Ayrton, Flávio Boaventura, Anderson Conceição e Juliano(Juninho Potiguar); Feijão e Willians(Ruan); Edson Ratinho, Leilson (Rafael Bastos)e Willians Santana; Neto Baiano

Técnico: Mazola Jr.

CSA: Alexandre Cajuru, John Lennon, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Yuri e Boquita; Didira (Dawhan), Daniel Costa e Echeverria(Celsinho); Michel Douglas (Taiberson)

Técnico: Marcelo Cabo

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.