AINDA ACREDITANDO

  • terça, 19 maio 2020 00:00
Felipe Feijó ainda acredita no retorno do Alagoano Felipe Feijó ainda acredita no retorno do Alagoano Viviane Leão - Globoesporte-al

60 dias de suspensão e sufoco financeiro de 6 equipes: FAF ainda quer retomar estadual

 

Se o Campeonato Alagoano ainda for realizado, o grande mentor desta ‘conquista’ terá a assinatura de Felipe Feijó.

Com dificuldades postas, com problemas para o momento vivido e com imensos questionamento para o momento que ainda virá, o presidente da FAF, Felipe Feijó continua acreditando na retomada da competição.

Com diferentes posicionamentos desde o dia 15 de março – data em que a CBF decretou a suspensão das competições do futebol em Alagoas –até agora, Felipe Feijó não descolou da ideia de finalizar aquilo que havia começado.

Em entrevista recente ao site globoesporte.com/al, o presidente da FAF, frisou de forma cristalina a sua intenção. ‘Já fizemos um documento e submetemos ao governo. A intenção é acabar dentro de campo’, disse o presidente a reportagem do referido site.

O documento ao qual se refere o presidente da FAF é o protocolo elaborado por um grupo de profissionais multidisciplinares que contou com médicos, fisioterapeutas, educadores físicos, entre outros.

Neste momento, os clubes sofrem e estão sufocados pelos 60 dias de paralização, sem conseguir arrecadar nada neste período e já tendo que liberar os jogadores. Estes dois fatores são comuns a seis dos oito clubes que disputam o Alagoano: ASA, CEO, CSE, Coruripe, Jaciobá e Murici.

Além do mais, a retomada do futebol alagoano precisará implementar o protocolo de retorno, que ainda não determina, quem será o responsável pelos custos, com exames, desinfecção, entre outros.

Pelo menos há 15 dias, o presidente da FAF entregou ao Governo de Alagoas, o documento de protocolo do retorno ao futebol, mas ainda não recebeu uma resposta em relação a data.

Apesar de não trabalhar com data de maneira clara ou pelo menos qualquer tipo de previsão por data, nos bastidores nutre-se uma expectativa que pelo menos até julho, o estadual pudesse voltar. Outra alternativa seria a possibilidade do estadual ser retomado apenas no final do ano.

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.