PROTOCOLO INICIADO

  • quarta, 10 junho 2020 00:00
Exames para detecção de COVID-19; 1º passo da retomada dos trabalhos do CSA Exames para detecção de COVID-19; 1º passo da retomada dos trabalhos do CSA Augusto Oliveira - ASCOM CSA

Em 1º passo para retorno, CSA faz testes para COVID-19 em sistema de drive thru

 

 

O CSA deu o primeiro passo para o retorno das atividades presenciais em meio a pandemia da COVID-19. O protocolo azulino teve a realização de testes para a COVID-19 em jogadores e funcionários.

Jogadores e membros da comissão técnica realizaram os exames pelo sistema de drive thru, no estacionamento do complexo Nelson Peixoto Feijó, onde os jogadores azulinos sequer descerem dos carros. O departamento médico do CSA espera receber os testes na quinta-feira.

Em uma entrevista concedida nesta quarta-feira, o Governador de Alagoas, Renan Filho, ainda não autorizou o retorno dos treinamentos, colocando que a tendência é que os treinamentos sejam liberados apenas após o dia 22 de junho.

MODELO CIÊNCIA

O médico Fábio Lima confirmou que o protocolo adotado pelo CSA teve como base regras estabelecidas pelas autoridades de saúde. Além de integrar o departamento de médico do clube, Fábio Lima está na linha de frente no combate a pandemia de COVID-19. Ele explicou, em detalhes, como funcionou o primeiro momento de aplicação do protocolo do CSA. “Com todos no carro, foram colhidas amostras de sangue. Os testes são sorológico detecção de IGM – imunoglobulina G – e IGM – imunoglobulina M- naquela ideia de que a gente conseguiria identificar as fase agudas ou ainda, pegaria algum quem porventura, já teve contato com o vírus”, relatou o médico azulino.

 

IDEAL VS POSSÍVEL

Imunologistas e infectologistas indicam fazer uma testagem semanal ou quando tivermos o início dos jogos, os testes deveriam ser realizados duas vezes na semana, sempre em um período que compreendesse 48 horas antes de uma partida. Portanto, se tivermos jogos as quartas e domingo, por exemplo, testes teriam que ser realizados na sexta e na segunda. Fábio Lima revela que o CSA deverá fazer uma testagem ‘possivel’ mas não a ideal. “ Esses testes devem ser repetidos em uma semana, no máximo, em dez dias, obedecendoaquela janela imunológica. O cenário ideal seria fazer a testagem semanal. Não sei se a gente vai conseguir, até porque os custos são muito altos”, declarou o médico azulino.

Jogadores, membros da comissão técnica, funcionários e todos que entrarem no CT terão a temperatura testada, além de responderem questionários. Se a bateria inicial de exames detectarem algum profissional contaminado, este profissional será afastado, isolado e receberá a medicação para a melhora.

O time azulino pretende ter realizado duas testagens antes do início dos treinamentos. O CSA seguirá o protocolo e em fases distintas. Na primeira fase, treinamentos individuais. A segunda fase apresentará treinos com pequenos grupos, até que na terceira fase, o CSA já implementará treinamentos com grupos maiores.

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.