REVERTEU

  • domingo, 26 abril 2015 00:00
Primeiro gol do CRB: Fernando com categoria Primeiro gol do CRB: Fernando com categoria Alberto Oliveira

CRB vence ASA, reverte vantagem e derruba último invicto no Alagoano

 

 

CONSTESTADO
Francisco Carlos do Nascimento sempre em cima do lance, mas contestado pelo ASA - Foto: Alberto Oliveira

O CRB atingiu o seu objetivo traçado para o primeiro confronto semifinal contra o ASA. Em desvantagem por ter sido o segundo colocado no grupo, o CRB queria vencer e passar a contar com o empate para chegar a decisão. Se possível, além disto, ampliar a vantagem com uma margem de gols.

 

Após os 90 minutos, o CRB comemorou o fato de ter vencido e aberto uma vantagem de dois gols. Fernando abriu o marcador aos 27 minutos do 1º tempo e já aos 40’ do tempo final, o jovem atacante Maxwell acertou um chutaço e fez 2 a 0.

 

A partida foi quente e o ASA reclamou bastante da arbitragem de Francisco Carlos do Nascimento. O volante Cal foi expulso aos 22 minutos do tempo inicial. Além disto também foi feita uma reclamação sobre outros cartões aplicados a jogadores do ASA, existiu um questionamento em relação a penalidade e também e expulsão do volante Cal.

 

Com o resultado, o CRB poderá empatar que será finalista e até mesmo com uma derrota por um gol, o CRB também será finalista. O ASA precisará vencer por dois gols ou mais gols de diferença. ASA e CRB voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (29), no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, a partir das 22h.

 

O Jogo

 

PERDEU
Gabriel teve grande oportunidade para marcar, mas parou em Júlio César - Foto: Alberto Oliveira

 

CRB e ASA iniciaram a partida em busca de estudar as características dos adversários.  Aos poucos, o CRB passou a tomar a iniciativa do jogo e o ASA optou por fazer uma imensa quantidade de faltas parando as jogadas.

 

A estratégia do ASA era ter posse de bola, tocar de pé em pé e fazer tabelas rápidas para chegar ao gol do goleiro Júlio César.  Mas antes dos dez minutos, os dois volantes do ASA já estavam pendurados. Aos 22 minutos, Cal fez uma segunda falta para cartão amarelo e acabou sendo expulso.

 

Com um jogador a menos, o ASA passou a priorizar suas linhas defensivas e apenas em lances de contra ataque tentava chegar. 

 

No minuto seguinte a expulsão, o  CRB quase marcava o primeiro gol. Zé Carlos ajeitou como pivô e Clebinho bateu cruzado assustando o goleiro Marcão. Dois minutos depois e mesmo com um homem a menos, Didira quase empatou. Entrou de diagonal e chutou cruzado.

 

Mais três minutos depois, o CRB chegou ao gol. O lateral Fábio Alves derrubou Zé Carlos dentro da área e Chicão marcou a penalidade. Fernando cobrou com precisão e abriu o marcador para o CRB. 

 

Após estar perdendo, o ASA ainda encontrou pelo menos uma grande oportunidade de abrir o marcador.

 

O tempo final começou com o ASA apresentando uma postura completamente diferente. Melhor postado e mais ofensivo, o ASA assustava. Aos dois minutos, Glaybson fez grande jogada e passou para Didira, ele bateu tirando do goleiro Júlio César e quase empatou. O ASA ainda perderia pelo menos duas oportunidades.

 

Bem postado defensivamente, o ASA permitia ao CRB a posse de bola, mas o time regatiano não tinha penetração e apenas girava a bola. Mas já aos 40 minutos, Maxwell recebeu um passe, fez jogada individual e chutou forte, a meia altura, a bola venceu Marcão  e o CRB fechava o marcador em 2 a 0.

 

 

 

Ficha Técnica

 

CRB 2 x 0 ASA

 

Campeonato Alagoano – Semifinal – 1º Jogo

 

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió)

 

Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento

 

Assistentes: Pedro Jorge Santos e Maxwell Rocha

 

4º Árbitro: Lennon MCcarteney – 5º Árbitro: José Ricardo Laranjeira

 

Cartões Amarelos: Cal, Max Carrasco, Fábio Alves, Didira (ASA) Glaydson Almeida, João Henrique (CRB)

 

Gols: Fernando (Pênalti-CRB) 27’ do 1º tempo e Maxwell (CRB) 40’ do 2º tempo

 

Equipes:

 

CRB: Júlio César, Paulo Sérgio, Daniel Marques, Gabriel e Gleidson Souza; Olívio, Glaydson Almeida (Johnnattan), Fernando e Clebinho; Zé Carlos (Morais) e João Henrique (Maxwell)

 

Técnico: Alexandre Barroso

 

ASA: Marcao, Cal, Lucas Bahia e André Nunes; Gabriel, Max Carrasco (Glaybson), Caique, Didira, Marlon (Kessi) e Didira; Alex Henrique (Uederson)

 

Técnico: Vica

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.