INÉDITO

  • quinta, 15 fevereiro 2018 00:00
Nos pênaltis, CRB venceu o Novo Hamburgo e avançou na Copa do Brasil Nos pênaltis, CRB venceu o Novo Hamburgo e avançou na Copa do Brasil Adilson Germann/jea Comunicação

CRB cede empate e nos pênaltis, João Carlos pega dois, decide e Galo avança na Copa do Brasil

 

 

E o CRB conseguiu mas um feito inédito. Pela primeira vez na história de sua participação dentro da Copa do Brasil, o CRB avançou para a 3ª fase da Copa do Brasil.

Após sair na frente e ceder o empate, o CRB foi para a disputa da penalidades e ao vencer por 4 a 3, assegurou a classificação para inédita para a fase seguinte da competição. O goleiro João Carlos foi decisivo na disputa das penalidades pois fez duas defesas que levaram o CRB a próxima fase da competição.

Neto Baiano abriu o marcador colocando o CRB na frente, mas Ricardo Lobo conseguiu o empate para o Novo Hamburgo.  Na disputa das penalidades, o CRB venceu por 4 a 3. Rafael Bastos, Diego, Ayrton e Willians Fernandes converteram para o time azulino. Ricardo Lobo, Júlio Santos e Branquinho marcaram para o time gaúcho. Mas o goleiro João Carlos fez duas defesas na cobrança de pênaltis e acabou garantindo a vitória regatiana.

Com a classificação, o CRB irá encarar o São Paulo na próxima fase. No próximo dia 21, a Confederação Brasileira de Futebol fará o sorteio que definirá a sequência dos jogos.

O jogo

A partida começou com o Novo Hamburgo tomando as iniciativas do jogo. Logo aos 9 minutos, Lito Guerreiro criou uma situação pelo lado direito houve um rebote mas Jean Silva não aproveitou.

O Novo Hamburgo seguiu atacando, procurando o jogo e o CRB sem conseguir encontrar o caminho do gol. Aos 29 minutos, o time gaúcho teve outra oportunidade de abrir o marcador. Preto deu uma assistências para Jean Silva que não converteu a oportunidade. Na bola parada, o lateral Assis cobrou falta e o zagueiro Roberto Dias quase marca.

Mas o volume de jogo do Novo Hamburgo não resolveu e já nos acréscimos do tempo inicial, Anderson Conceição alçou na área e Neto Baiano colocou nas redes: 1 a 0.

No tempo final, o time gaúcho quase marca com Juninho Silva, assustando o goleiro João Carlos. O campeão gaúcho foi agraciado com a insistência. Aos 29 minutos, Ricardo Lobo  aproveitou o erro da defesa do CRB e empatou a partida.

Não havia tempo mais para nada e o jogo foi para as penalidades. Na disputa, João Carlos pegou duas penalidades e definiu a classificação. Zotti e Assis tiveram suas cobranças desperdiçadas.

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.