DÉJÀ-VU

  • terça, 09 abril 2019 00:00
Claudinei foi um dos mais regulares na derrota do CRB para o Bahia Claudinei foi um dos mais regulares na derrota do CRB para o Bahia Felipe Oliveira/EC Bahia

Novamente faltando dois minutos, CRB sofre gol   e acaba eliminado da Copa do Nordeste

 

Sofrimento, decepção, frustração. Todos estes sentimentos repetidos em três dias de diferença. Após a eliminação para o Santa Cruz, no sábado passado, já no minuto final de ser digerida, o CRB provocou um ‘Déjà-vu’ no seu torcedor, ou seja, o torcedor viu a mesma coisa se repetir.

Eram passados 53 minutos, restavam dois minutos para o árbitro encerrar o jogo, foram dados dez minutos de acréscimos a partida, quando após um jogada boba, Elton ganhou uma disputa com Guilherme Mattis, chutou fraco e Edson Mardden tomou um frangaço: Bahia 1a 0.

O resultado foi mantido nos dois minutos seguintes e o CRB foi eliminado da Copa do Brasil quando já estava próximo de garantir pelo menos a disputa da vaga na cobrança de tiros livres diretos.

O Jogo

Jogando em casa e conforme era esperado, o Bahia partiu para buscar o resultado. Logo aos três minutos, o volante Douglas Augusto arriscou um canudo de longe, a bola ganhou velocidade e força e passou por cima do gol defendido pelo goleiro Edson Mardden.

Aos 22 minutos, o Bahia costurou a defesa do CRB com toques rápidos e de primeira e Douglas Augusto arriscou de m´dia distância. Edson Mardden fez uma bela defesa.

O jovem Arthur recebeu um passe de Nino Paraíba e de fora da área, chutou rasteiro, mas sem força proporcionou ao goleiro Edson Mardden uma fácil defesa.

O CRB teve uma nova finalização aos 38 minutos. Jogada criada pelo lado direito com a participação de Junior que deu um lindo passe, Na entrada da pequena área, Dirceu Lucas deu um leve desvio e quase marca o primeiro gol da partida.

Já aos 43 minutos, o Bahia quase abre o placar. Eric Ramires recebeu um passe em condições de finalizar e absolutamente livre de marcação, quase abre o placar para o tricolor baiano. A bola passou muito próximo do gol.

O segundo tempo começou com o CRB adiantando um pouco mais a marcação e conseguindo sair para o jogo. Aos 14 minutos, Zé Carlos sentiu muitas dores e precisou ser substituído por Victor Rangel. O camisa 9 do CRB caiu fora de campo e com um problema na cervical precisou ser retirado do campo na ambulância da Arena Fonte Nova.

O CRB equilibrou as ações. Adiantou a marcação, diminuiu os espaços do Bahia e com a bola nos pés, trocava passes e evitava a pressão do Tricolor.

O CRB ficou com um jogador a menos após a expulsão do lateral Igor por retardar a partida. Poucos minutos depois, uma entrada Douglas Augusto em cima de Victor Rangel.

O árbitro acresceu dez minutos e o Bahia voltou a criar uma pressão. Já aos 53 minutos, o Bahia voltou a pressão, bola alçada na área, no bico por Nino Paraíba, a bola foi cruzada, Elber protegeu contra Guilherme Mattis, venceu e o goleiro Edson Mardden já havia dado um passo para ir a frente, neste movimento, Elber chutou, a bola passou por entre as pernas do goleiro Edson Mardden, gol do Bahia: 1 a 0.

Não havia tempo para mais nada. O jogo teve o reinício e o Bahia garantiu o resultado e classificação.

Ficha Técnica

Bahia 1 x 0 CRB

Copa do Brasil – 3ª Fase – Jogo de Volta

Local: Arena Fonte Nova (Salvador-BA)

Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (CBF-GO)

Árbitro Assistente 1: Leone Carvalho Rocha (CBF-GO)

Árbitro Assistente 2: Cristhian Passos Sorence (CBF-GO)

4º Árbitro: Bruno Pereira Vasconcelos (CBF-BA)

Renda:  R$ 258.017,50  Público: 18.691 torcedores

Cartões Amarelos: Igor, Zé Carlos, Hugo Sanches, Felipe Menezes, Mailson, Edson Mardden (CRB) Gilberto (Bahia)

Expulsão: Igor (CRB) Douglas Augusto (Bahia)

Gols: Elton (Bahia) 53’ do 2º tempo

Equipes:

Bahia: Anderson, Nino, Fernando, Lucas Fonseca e Moisés;  Elton e Douglas Augusto; Elbér (Arthur),CRB) Eric Fernandes (Fernandão) e Arthur Caike (Shaylon); Gilberto

Técnico: Roger Machado

CRB: Edson Mardden, Junior, Guilherme Mattis, Edson Henrique e Igor; Claudinei e Dirceu Lucas; Willian Barbio, Felipe Menezes (Guilherme) e Mailson(Ferrugem); Zé Carlos (Victor Rangel)

Técnico: Jean Carlos (Interino)

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.