PÉSSIMO RETROSPECTO

  • terça, 16 março 2021 00:00
Elenco do CSA vai tentar quebrar o retrospecto ruim na Copa do Brasil Elenco do CSA vai tentar quebrar o retrospecto ruim na Copa do Brasil Augusto Oliveira - ASCOM CSA

CSA reencontra Copa do Brasil e tenta espantar traumas na competição

 

Por Isaac Simões


O CSA não tem um bom retrospecto quando o assunto é a Copa do Brasil. Nos últimos anos, o Azulão acumulou vexames e acabou se despedindo da competição de forma precoce, frustrando o seu torcedor. 

 

Ao todo, foram seis participações ao longo da última década. Em todas elas, o CSA só avançou à segunda fase uma vez, quando eliminou o Manaus em 2018. Contudo, o clube marujo sequer conseguiu vencer os amazonenses. Por fim, o empate em 2 a 2 acabou servindo, já que o visitante tinha a vantagem de jogar por um resultado igual, seguindo o regulamento daquela temporada.

 

Nas outras cinco participações, o resultado foi o mesmo: derrota e eliminação na jornada de abertura. As mais recentes para o Mixto-MT e Vitória-ES atormentam o clube, que viu a oportunidade de fazer caixa ir embora cedo. 

 


Em 2020, o CSA perdeu por 2 a 1 para o modesto Vitória-ES e voltou a decepcionar na Copa do Brasil - Foto: Vitor Nicchio/Vitórias FC

 

É bem verdade que em 2013 e 2014, o Azulão vivia uma realidade difícil financeiramente. O clube sofria no Estadual e lutava para sair da última divisão nacional. O sorteio dos confrontos não foi “gentil” com os alagoanos que tiveram os gigantes Cruzeiro e São Paulo pela frente. No final, avançaram os mineiros e paulistas. 

 

A disparidade financeira também voltou à tona em 2017, quando o adversário da vez foi o Sport. O Azulão vivia ainda o êxtase pelo acesso à Série C do Brasileiro, na temporada anterior, e chegou a sonhar com uma possível vitória sobre os pernambucanos. Mas, Diego Souza comandou a atuação do Leão no Rei Pelé, goleando os marujos por 4 a 1.


CSA foi goleado por 4 a 1 pelo Sport em 2017 em pleno Rei Pelé - Foto: Ailton Cruz

Por isso, a pressão por uma vitória sobre o Guarany de Sobral, nesta quarta-feira (17), às 15h, no Estádio do Junco, é grande nos jogadores e comissão técnica azulina. Além de embolsar R$ 1,235 milhão, (somando a cota de participação), vai acabar com um tabu que dura 12 anos. 

 

A última vez que o Azulão venceu na Copa do Brasil foi em 2009. Na ocasião, o time bateu o Serra-ES por 3 a 2, fora de casa e se classificou. Na mesma temporada, o clube fez historia, ao derrotar o Santos, de Neymar e Ganso, por 1 a 0, em plena Vila Belmiro. Júnior Amorim foi o autor do gol da classificação alagoana na segunda fase.

 

Confira as últimas estreias do CSA na Copa do Brasil:

2020 - Vitória-ES 2x1 CSA (eliminado) 

2019 - Mixto 1 x 0 CSA (eliminado)

2018 - Manaus 2 x 2 CSA (classificado)

2017 - CSA 1 x 4 Sport (eliminado)

2014 - CSA 0 x 1 São Paulo (eliminado na volta com outra derrota por 3x0)

2013 - CSA 0 x 3 Cruzeiro (eliminado)

2009 - Serra 2 x 3 CSA (classificado)

 

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.