#DECEPÇÃO

  • quarta, 22 março 2017 00:00
Empate sem gols no Rei Pelé, elimina CRB e classifica Itabaiana Empate sem gols no Rei Pelé, elimina CRB e classifica Itabaiana Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

CRB fraqueja em casa, não consegue vencer o Itabaiana e acaba eliminado da Copa do Nordeste

 

Foram mais de noventa minutos, para ser preciso, 99 minutos.  Toda a pressão do torcedor, todo o volume de jogo, todas as chances de gol não foram suficientes para que o CRB avançasse na Copa do Nordeste.

Ao final da partida, o empate sem gols levou o CRB a eliminação da Copa do Nordeste. De forma heroica e épica, o Itabaiana segurou o Galo, abraçou – e não soltou – a vantagem que tinha de jogar pelo empate.

O time sergipano foi eficiente e garantiu uma classificação inédita para o “Tremendão da Serra” e para o futebol do vizinho Estado de Sergipe.

Com o empate, o CRB ficou com nove pontos e com a segunda colocação. Somando 11 pontos, o Itabaiana conseguiu o primeiro lugar do grupo.

O Jogo

Intenso. Foi desta maneira que o CRB começou o jogo contra o Itabaiana. Logo que a bola rolou, o CRB já partiu para pressão. O Galo fazia o dever de casa correto. Buscava o jogo pelos corredores, ora pelo lado direito, ora pelo lado esquerdo, Yuri se aproximava, Adriano surgia como homem surpresa e o Galo apostava no abafa nas bolas aéreas.

Quando o CRB errava um passe ou adiantava a marcação, o Itabaiana buscava nas costas dos volantes, o desafogo para sair e incomodar. Por duas vezes, o time sergipano conseguiu encaixar jogadas de perigo.

Apesar da intensidade, o CRB pecava muito no último passe. Nos dois principais lances, o lateral Marcos Martins participou decisivamente. Marcos Martins foi ao fundo nos dois lances, no primeiro Elias cabeceou mal e no segundo Maílson finalizou com capricho e a bola passou muito próximo do poste baixo.

Era esperado que no 2º tempo, o CRB intensifica-se a pressão. E foi isto que aconteceu. O time regatiano praticamente alugou o campo defensivo do Itabaiana, mas apesar de posse de bola e volume de jogo, efetivamente, poucas chances de gol foram criadas. Em apenas dois lances, um em um chute de média distância de Danilo Pires e no rebote uma finalização a queima-roupa de Maílson, o goleiro Genivaldo fez intervenções. O restante o CRB somente cruzou bolas altas que foram afastadas de maneira eficiente pela zaga do Tremendão.

Com o passar o tempo, o CRB se expos e o Itabaiana ainda ameaçou em contra-ataque perigosos. Na melhor chance, Juliano saiu mal e cortou nos pés de Geovani, que tentou encobrir o camisa 1 do CRB, que se recuperou e fez uma linda defesa, evitando o gol sergipano.

 

Ficha Técnica

CRB 0 x 0 Itabaiana (SE)

Copa do Nordeste – Fase de Classificação – Grupo D – 6ª Rodada

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió)

Árbitro: Jailson Macedo de Freitas –BA – (CBF)

Árbitro Assistente 1: Alessandro A. Rocha de Matos – BA (FIFA)

Árbitro Assistente 2: Elicarlos Franco Oliveira – BA – CBF

4º Árbitro: José Ricardo Laranjeiras – AL (CBF)

Renda: R$ 87.400,00  Público: 9.174 torcedores (com 7.111 pagantes)

Cartões Amarelos: Janilson, Edinho, Zaquel, Daniel Paulista, Genivaldo, Pedro Pires, Thomas Anderson (Itabaiana)

Equipes:

CRB: Juliano, Marcos Martins, Flávio Boaventura, Gabriel e Diego; Adriano(João Paulo) e Yuri(Jocinei); Chico, Danilo Pires e Maílson; Elias(Neto Baiano)

Técnico: Léo Condé

Itabaiana: Genilvaldo, Magno, Alexandre, Heverton(Thiago Garça) e Janilson(Edinho); Zaquel e Daniel Paraíba; André Beleza, Diego Neves (Thomas Anderson) e Paulinho Macaíba; Geovane

Técnico: Ailton Silva

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.