MUITO CEDO

  • terça, 30 janeiro 2018 00:00
O CSA falhou na marcação no começo da partida e acabou derrotado pelo Ceará O CSA falhou na marcação no começo da partida e acabou derrotado pelo Ceará Lucas Moraes/cearasc.com

Apagão no começo é fatal: CSA perde para o Ceará e se complica na tabela de classificação

 

Um erro na marcação aos dois minutos e o gol do Ceará foram fatais para o CSA. Pela 2ª rodada da Copa do Nordeste, o CSA acabou sendo derrotado pelo Ceará por 1 a 0. O gol foi marcado por Arthur Cabral.

As duas equipes criaram muito pouco ao longo da partida. Tirando o gol marcado, o Ceará se limitou as três lances de perigo. Rafael Carioca chutando no 1º tempo para defesa de Mota, um chute a queima roupa de Wescley e um escanteio com tentativa de Juninho em um gol olímpico no segundo tempo. Já o CSA teve apenas um falta cobrada por Rafinha para defesa de Everson e já nos acréscimos, após um escanteio, a própria defesa do Ceará tentou afastar, mas colocou no travessão.

A segunda rodada será encerrada no próximo dia 8 com o Sampaio recebendo o Salgueiro, no Castelão em São Luis. Na terceira rodada, o CSA receberá o Salgueiro, no dia 15 de fevereiro, no Estádio Rei Pelé. Já o Ceará jogará no dia 20, contra o Sampaio Corrêa, no Castelão.

O Jogo

O primeiro lance do Ceará na partida , o Ceará chegou com força. Pio entra pelo lado direito e cruzou, no meio dos zagueiros azulinos, estava o atacante Arthur Cabral, que de peixinho, venceu Mota e marcou o gol do Ceará aos dois minutos: Ceará 1 a 0.

Durante vinte minutos, o Ceará dominou as ações e chegou principalmente pelo lado esquerdo da defesa azulina, sem conseguir

Em uma finalização em direção ao gol, o Ceará chegou causando perigo já aos 30 minutos. Em jogada pelo lado direito da defesa azulina, Rafael Carioca acertou uma pancada de fora da área e Mota fez defesa parcial.

O CSA passou o primeiro tempo inteiro sem criar situações para finalizar. Em uma falta na entrada da área, a bola não passou nem pela barreira e na cobrança de um escanteio, Daniel Costa bateu para fora da área e Rafinha chutou muito distante do gol defendido por Everson.

No tempo final, o CSA começou buscando mais o jogo. O time azulino tem a posse de bola, mas não consegue amplitude, não consegue penetração, não consegue finalizar contra o meta do Ceará.

Aos 11 minutos, Luidy desperdiçou um grande contra-ataque. No minuto seguinte, falta para o CSA e a primeira finalização no gol. Na cobrança de falta, Rafinha acertou um chute, Everson deu o rebote, pois a bola explodiu no seu peito e no rebote, Dawhan ainda tentou de cabeça, mas Everson voltou a pegar.

Aos 29 minutos, Wescley entra na área e chuta cruzado para o goleiro Mota salvar o CSA de tomar o segundo gol. O Ceará voltou a incomodar o goleiro Mota em uma cobrança de escanteio, com Juninho quase marcando um gol olímpico.

Já aos 48 minutos, o CSA também tentou na bola parada. Após o escanteio cobrado por Daniel Costa, a defesa do Ceará jogou contra a própria meta e a bola explodiu na trave.

 

Ficha Técnica

Ceará 1 x 0 CSA

Copa do Nordeste – 2ª Rodada – Grupo D

Local: Arena Castelão (Fortaleza-CE)

Árbitro: Mayron F. dos Reis Novais (MA)

Árbitro Assistente 1: Antonio Fernando de Sousa Santos (MA)

Árbitro Assistente 2: Carlos André Pereira Sousa (MA)

4º Árbitro: Antonio Magno Cordeiro (CE)

Renda: R$ 15.751,00  Público: 5.442 torcedores (com 5.037 pagantes)

Cartões Amarelos: Daniel Costa, Marcos Antonio (CSA) Richardson (Ceará)

Gols: Arthur Cabral (Ceará) 2’ do 1º tempo

Equipes:

Ceará: Everson, Pio, Valdo, Patrick e Rafael Carioca; Rchardson e Pedro Ken; Felipe Azevedo, Ricardinho(Juninho) e Luidy (Wescley); Arthur Cabral (Douglas Coutinho)

Técnico: Marcelo Chamusca

CSA: Mota, Celsinho, Leandro Souza, Rodrigo Lobão e Rafinha; Dawhan e Boquita (Joilson); Didira(Juninho), Daniel Costa e Marcos Antonio; Michel Douglas (Giva)

 

Técnico: Flávio Araújo

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.