NÃO ADIANTOU

  • terça, 20 março 2018 00:00
Sem vencer o Ceará, CSA acaba eliminado da Copa do Nordeste Sem vencer o Ceará, CSA acaba eliminado da Copa do Nordeste Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

CSA empata com Ceará, segue sem vencer e está eliminado da Copa do Nordeste

 

Não adiantou o Salgueiro segurar o Sampaio Correa e colocar nas mãos do CSA as chances de seguir na disputa da Copa do Nordeste. Jogando no Rei Pelé e precisando vencer o Ceará para manter-se ‘vivo’ na competição, o time azulino somente ficou no empate com Vozão em 1 a 1.

 

O time do Ceará saiu na frente com Arthur Cabral aos dez minutos do primeiro tempo, mas dois minutos depois, Leandro Souza de cabeça, conseguiu o empate.

Com o resultado, o CSA chegou ao quarto ponto, mas está fora da disputa por classificação ocupando a terceira colocação. Já o Ceará manteve-se na liderança com 10 pontos e já assegurado na próxima fase.

Na próxima rodada, o CSA enfrentará o Sampaio Correa, no dia 29, no Estádio Castelão em São Luiz (MA). Já o Ceará receberá o Salgueiro, na Arena Castelão, em Fortaleza (CE), também no dia 29.

O Jogo

Cheio de vontade e do sentimento de ‘estar vivo’ na competição, o CSA começou incendiando, marcando alto, pressionando o Ceará e buscando no abafa, assustar o time cearense.

Logo na primeira chegada do Ceará, a defesa azulina bateu cabeça, a bola foi aberta para Felipe Azevedo pelo lado esquerdo e o camisa 11 do Ceará acabou batendo pelo lado de fora.

O CSA optava por criar situações em trocas de passes  pelo meio ou nas costas dos volantes do Ceará, mas sem conseguir penetração na defesa, o CSA optava por arriscar chutes de média e longa distância. Echeverria tentou duas vezes. A melhor delas aos 25 minutos, quando forçou Everson a espalmar fazendo a defesa parcial.

O Ceará seguia sendo criativo e aos 32 minutos, Andrigo trocou figurinha com Ernandes, que saiu em diagonal na frente da área e chutou com muito perigo.

Logo aos quatro minutos, o CSA quase abre o marcador. Jogada com qualidade, Rafinha foi ao fundo e Didira tentou a finalização, batendo com pouca força, mas tentando tirar do goleiro Everson. O camisa 1 do Vozão fez a defesa.

Em dois minutos, o jogo pegou fogo. Aos dez, o Ceará construiu uma linda jogada. A bola começa a sair a partir de Pio, Felipe Azevedo sai da sua posição e oferece o passe para Richardson, que ultrapassa e devolve para Pio no ponto futuro, cruzamento acontece e Arthur Cabral sozinho empurra para o gol: Ceará 1 a 0.

Mas dois minutos depois, o meia Echeverria cobra escanteio, Leandro Souza se livra da marcação de Arthur Cabral, que desaba e reclama falta, mas o camisa 3 azulino, segue na jogada e cabeceia sem chance para Everson: CSA 1 a 1.

Com o empate, o CSA saiu um pouco mais para o jogo, pois a vitória era o único resultado que lhe interessava para seguir na competição. Em algumas estocadas, o Ceará quase voltava a frente do marcador. Aos 38 minutos, por exemplo, Ernandes entrou sozinho em diagonal e chutou forte, o goleiro Alexandre Cajuru fez uma defesa importante.

Ficha Técnica

CSA 1 x 1 Ceará

Copa do Nordeste – 1ª Fase – Grupo D – 5ª Rodada

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)

Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI-CBF)

Árbitro Assistente 1: Ailton Farias da Silva (SE-CBF)

Árbitro Assistente 2: Mauro César Evangelista de Souza (Pi –CBF)

4º Árbitro: Rafael Carlos Salgueiro (AL-CBF)

Renda: R$ 27.242,00  Público: 3.937 torcedores (com 3.223 pagantes)

Cartões Amarelos: Celsinho, Echeverria, Boquita (CSA)

Gols: Arthur Cabral (Ceará) 10’ e Leandro Souza (CSA) 12’ do 2º tempo

Equipes:

CSA: Alexandre Cajuru, Celsinho, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Yuri e Boquita: Echeverria (Giva), Daniel Costa e Didira (Bruno Veiga); Michel Douglas (Josimar)

Técnico: Marcelo Cabo

Ceará: Everson, Pio, Valdo, Luiz Otávio e Ernandes; Juninho, Richardson (Raul) e Ricardinho(Wescley); Andrigo, Arthur Cabral e Felipe Azevedo (Roberto)

Técnico: Marcelo Chamusca

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.