CAIU NA 1ª DERROTA

  • domingo, 07 abril 2019 00:00
CSA sofre derrota para o Botaofogo(PB) por 3 a 1 e está fora da Copa do Nordeste CSA sofre derrota para o Botaofogo(PB) por 3 a 1 e está fora da Copa do Nordeste Alenio Junior - PB Esportes

Sem conseguir um bom jogo, CSA é derrotado pelo Botafogo por 3 a 1 e está fora da Copa Nordeste

 

O CSA chegou para a fase de quartas-de-final de forma invicta, mas jogando no Almeidão contra o Botafogo (PB), o time azulino conheceu sua primeira derrota na competição e foi eliminado da Copa do Nordeste. Sem encaixar um bom jogo, o CSA tomou 3 a 1 para o Botafogo.

Clayton, Nando e Dico marcaram os gols do Belo. Robinho descontou para o CSA.

A estratégia azulina surtiu efeito enquanto o placar segue sem gols, mas em pouco tempo, o time tomou dois gols em um período de três minutos e a partir deste momento buscou até crescer no jogo, chegou ao gol, mas partiu para tentar o empate e acabou sofrendo o terceiro gol.

Eliminado da Copa do Nordeste, o CSA direciona suas atenções para a final do Campeonato Alagoano contra o CRB. Já o Botafogo enfrentará o Náutico em uma das semifinais do Campeonato do Nordeste.

O Jogo

A partida decisiva entre Botafogo e CSA começou com as equipes se estudando. Após os minutos iniciais, o Botafogo tomou mais a iniciativa, teve mais posse de bola, mas em um primeiro tempo de muito pouca objetividade. Os goleiros não trabalharam e o nível técnico da partida foi muito baixo.

Logo no começo do 2º tempo, o CSA errou na marcação. Israel apareceu pelo lado direito, com Armero sem conseguir cortar, a bola foi tocada, Marco Aurélio dominou e de primeira recuou para entrada da área, Clayton bateu forte, rasteiro, cruzado, vencendo João Carlos e colocando o Botafogo em vantagem: 1 a 0.

Logo após tomar o gol, o CSA buscou sair para o jogo e após um cruzamento de Apodi, Matheus Sávio cabeceou e quase marca. Mas o Botafogo voltou a agredir o sistema defensivo azulino e nesta ofensividade encontrou uma avenida no lado esquerdo.  Marcos Vinicius encontrou uma ótima assistência nas costas de Pablo Armero, não houve a cobertura de Luciano Castan e Nando entrou no facão, em diagonal, chutou na saída do goleiro João Carlos e ampliou a vantagem do Belo: 2 a 0.

Aos 16 minutos, Matheus Sávio tentou na cobrança de falta direta mas a bola passou por cima. Três minutos depois, Manga Escobar arrancou pelo corredor direito e na proximidade da grande área e cruzou a defesa afastou, o CSA brigou pela posse de bola e Robinho dominou no corredor contrário, ele cortou o marcador e bateu com muita qualidade. Gol do CSA: 2 a 1.

Com o CSA saindo mais para o ataque, os espaços começaram a surgir e aos 39 minutos, Wellington acionou Dico que chutou forte para João Carlos fazer uma ótima defesa.  Aos 41 minutos, Clayton venceu a marcação de Madson, depois driblou Didira e conseguiu o cruzamento, dois jogos estavam sem marcação na área, Dico surgiu de cabeça, carimbou as redes de João Carlos e o Botafogo voltou a abrir uma vantagem de dois gols: 3 a 1.

Após a vantagem construída, o Botafogo apenas administrou a situação e garantiu a sua classificação para a fase semifinal. O CSA está desclassificado.

Ficha Técnica

Botafogo-PB 3  x 1 CSA

Copa do Nordeste – Quartas-de-Final  - Jogo Único

Local: Estádio José Américo de Almeida Filho ‘Almeidão’ (João Pessoa-PB)

Árbitro: Diego Pombo Lopes (CBF-BA)

Árbitro Assistente 1: Jucimar dos Santos Dias (CBF-BA

Árbitro Assistente 2: Edevan de Oliveira Pereira (CBF-BA)

4º Árbitro: Gleydson Ferreira Leite (CBF-PE)

Renda: R$  Público:

Cartões Amarelos: Israel, Marco Aurélio (Botafogo-PB) Naldo, Dawhan, Didira, Ronaldo Alves (CSA)

Gols: Clayton (Botafogo-PB) 4’ , Nando (Botafogo-PB) 7’ , Robinho (CSA) 19’ , Dico (Botafogo-PB) 41’ do 2º tempo

Equipes:

Botafogo-PB: Saulo, Israel, Donato, Lula e Fábio Alves; Rogério e Juninho; Clayton, Marco Aurélio (Dico) e Marcos Vinicius (Wellington Cezár) ; Nando (Pitbull)

Técnico: Evaristo Piza

CSA: João Carlos, Apodi, Ronaldo Alves, Luciano Castan e Armero; Naldo (Robinho) e Dawhan; Manga Escobar(Lohan), Matheus Sávio (Madson) e Didira; Cassiano

Técnico: Marcelo Cabo

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.