COMO SOFREU!

  • terça, 14 maio 2019 00:00
CRB sofreu mas venceu e avançou para Copa do nordeste em 2020 CRB sofreu mas venceu e avançou para Copa do nordeste em 2020 Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

Em jogo com péssima atuação, CRB sente desgaste, vence Juazeirense e está na Copa NE em 2020

 

Foi com sofrimento! O CRB venceu o Juazeirense por 2 a 1 no jogo de volta da Pré Copa do Nordeste e está classificado para a Copa do Nordeste em 2020. Victor Rangel abriu o marcador cobrando pênalti ainda no 1º tempo. No começo do 2º tempo, Emílio empatou de cabeça, mas Igor recolocou o CRB em vantagem em um jogo que desviou no próprio zagueiro Emílio. Quem estiver apenas lendo a informação não imaginará como foi construída a classificação.

Jogando um futebol muito abaixo do seu potencial, sentindo o desgaste físico de uma maratona desumana, levando um sufoco danado do limitado time baiano e sendo vaiado pelo torcedor, o CRB avançou para uma competição importante financeiramente no momento inicial da próxima temporada.

Após a classificação, o CRB espera as definições da Copa do Nordeste para 2020 em relação a cotas e ao grupo em que estará posicionando.

Passadas as emoções da Pré Copa do Nordeste, o CRB volta as atenções para a sequencia da Série B do Campeonato Brasileiro. Na próxima segunda, 20, o CRB enfrentará o Coritiba, no Estádio Rei Pelé.

O Jogo

Logo aos doze minutos surgiu a primeira grande oportunidade do jogo. Após uma linda assistência de Willian Barbio, Junior surgiu como homem surpresa e frente-a-frente com o goleiro Gleidson, escolheu o canto e caprichosamente, a bola bateu na trave.

Aos 25 minutos, Ferrugem cobrou falta com muita força, Gleibson bateu roupa, deu rebote e na tentativa de abraçar a bola, acabou fazendo um pênalti bisonho em Victor Rangel. O próprio camisa 9 do CRB foi para cobrança e com muita precisão, tirou o goleiro do lance e abriu o marcador: CRB 1 a 0.

Após fazer o gol, o CRB insistiu na busca por mais um gol, mas foi o time baiano que assustou aos 31 minutos. Nino Guerreiro ajeitou para Clebson que bateu com precisão. Mardden defendeu e mesmo assim a bola passou muito perto.

Em dois minutos seguidos, o Juazeirense assustou e quase empata. Aos 38, Clebson chutou muito forte da entrada da área, a bola desviou na defesa do Galo e passou por cima do gol defendido por Edson Mardden. No minuto seguinte, na cobrança do escanteio, o zagueiro Emílio subiu mais que todo mundo, cabeceou firme para o chão e a bola raspou a trave direita do goleiro do CRB.

Logo no começo do segundo tempo, o Juazeirense chegou ao gol de empate. Após um escanteio, Emílio subiu muito alto, desviou de cabeça, o jogador do CRB ainda tentou tirar a bola, mas já havia ultrapassado a linha e a arbitragem confirmou o gol.

Após o empate, o Juazeirense teve duas claras oportunidades para virar o marcador, na principal delas, Nino Guerreiro dividiu com Mardeen e por muito pouco não marcou o gol da virada.

Em uma saída, o CRB chegou a virada. Junior chutou uma bola na entrada da área, a bola desviou no próprio zagueiro Emílio e venceu o goleiro Gleibson. CRB 2 a 1.

Desgastado, o CRB sofreu muito na reta final do jogo e em pelo menos duas oportunidades, o Juazeirense quase marcou, sendo uma delas, no último lance do jogo.

 

Ficha Técnica

CRB 2 x 1 Juazeirense

Pré Copa do Nordeste – Jogo de Volta

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)

Árbitro: Tiago Nascimento dos Santos (CBF-Pe)

Árbitro Assistente 1: Francisco Chaves Berra Junior (CBF-PE)

Árbitro Assistente 2: Bruno César Chaves Vieira (CBF-PE)

4º Árbitro: Rafael Carlos Salgueiro (CBF-AL)

Renda: R$ 16.022,00   Público: 2.304 torcedores (com 1.429 pagantes)

Cartões Amarelos: Iran. Everton, Willian (Juazeirense)  Ferrugem (CRB)

Gols: Victor Rangel (Pênalti-CRB) 26’ do 1º tempo; Emílio (Juazeirense) 5’ e Igor (CRB) 21’ do 2º tempo

Equipes:

CRB: Edson Mardden, J únior, Ewerton Sena, Guilherme Mattis e Igor; Dirceu Lucas e Ferrugem(Matheus Silva); Willian Barbio, Felipe Ferreira e Willie;(Guilherme Costa) Victor Rangel (Zé Carlos)

Técnico: Marcelo Chamusca

Juazeirense: Gleidson, Everton, Emilio, Emerson e Cesinha (Marcos); Waguinho (Caio César), Willian, Iran (Toni Galego) e Clebson; Nino Guerreiro e Jeam

Técnico: Carlos Rabelo

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.