SEM PRESSÃO (?)

  • segunda, 05 abril 2021 00:00
Marco ulio minimiza pressão para jogo em São Luiz contra o Sampaio Corrêa Marco ulio minimiza pressão para jogo em São Luiz contra o Sampaio Corrêa Augusto Oliveira - ASCOM CSA

Atacante Marco Tulio minimiza pressão por vitória contra Sampaio: ‘pressão nenhuma’

 

 

Por Rodrigo Rocha

 

Marco Tulio teve ótima atuação contra o 4 de Julho - Foto: Augusto Oliveira - ASCOM CSA

 

 

 

A situação do CSA na Copa do Nordeste não é das mais tranquilas. O Azulão teve a chance de garantir a classificação antecipada no último sábado (3) contra o 4 de Julho, no Rei Pelé, mas ficou no 2 a 2 e caiu da 2ª para a 4ª posição com 10 pontos. Agora vai ter que buscar a vaga fora de casa contra o Sampaio Corrêa, que também luta pela classificação, no Castelão, em São Luís, pela última rodada da 1ª fase do regional. O jogo está marcado para sábado (10), às 16h. Pressão? Não para Marco Túlio.

 

O atacante, um dos destaques do CSA neste início de temporada (ele tem 8 jogos com a camisa azulina e 3 gols marcados, todos na competição regional), garantiu que não se sente pressionado para o jogo que pode selar o destino do CSA na Copa do Nordeste.

 

“Nada. Pressão nenhuma. A gente vai no jogo lá, contra o Sampaio Corrêa, para buscar os três pontos, para buscar a classificação que não pode escapar”, cravou o jogador.

 

A confiança do camisa 21 é grande, mas o CSA pode acabar não dependendo apenas de si para conquistar uma das quatro vagas de seu grupo. Isso porque o ABC, 5º colocado com 9 pontos e um jogo a menos, vai enfrentar o 4 de julho nesta quarta-feira (7) às 19h30, no Frasqueirão, em Natal, e se vencer, ultrapassa o Azulão, que cai para o 5º lugar.

 

 

O atacante Marco Tulio marcou um golaço no empate no Rei Pelé - Foto: Augusto Oliveira - ASCOM CSA

 

 

 

Antes da partida contra o Sampaio, o CSA volta a jogar pelo Campeonato Alagoano, onde enfrenta o Coruripe nesta terça (6), às 20h, no Rei Pelé. Mesmo com uma decisão no fim de semana, Marco Túlio disse que o foco da equipe está voltado para o Hulk.

 

“Sábado a gente vai pensar depois, porque é um jogo importante também. Mas o jogo mais importante é sempre o próximo", falou o atacante.

 

Apesar de estar vivendo um ótimo momento, Marco Túlio só conseguiu completar os 90 minutos em apenas uma partida, a contra o Guarany de Sobral, pela 1ª fase da Copa do Brasil. Para ele, o motivo é o sistema adotado por Mozart Santos:

 

“Com o técnico Mozart dificilmente os pontas vão acabar os jogos, porque ele exige muito ali (no setor), e comigo não é diferente. Eu, Pimpão, quem joga ali está sempre saindo porque é uma função que exige muito. Tem que atacar bem, tem que ajudar sempre na marcação, então tem que estar intenso nos 90 minutos e às vezes acaba dando uma caída", explicou.

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.