Circuito Sil Ribas de Tênis reúne 70 crianças no JTC

  • quarta, 23 outubro 2019 00:00
Crianças particiiparam da 4ª edição do Ciruito Sil Ribas Kids Tênis Crianças particiiparam da 4ª edição do Ciruito Sil Ribas Kids Tênis Alberto Oliveira

Eventos traz regras diferentes e integração com a família 

Lances pástios, boas troccas de bolas mararam ircuito Sil Ribas de Tênis - Foto: Alberto Oliveira

 

Por Alberto Oliveira

 

No último sábado, 19, o Jaraguá Tênis Clube, recebeu a IV edição do Circuito Sil Ribas Kids Tennis. O evento reuniu 70 crianças na faixa etária de 4 a 12 anos e é considerado lúdico e conta com a participação direto da família, acompanhando os pequeninos neste momento de integração.

O Circuito Sil Ribas dividiu as disputas em três categorias com regras dimensões de quadra, tamanho de bola e objetivos diferentes. A primeira categoria reuniu crianças entre quatro e oito anos, a segunda com bola laranja para crianças entre 8 e 9 anos e a terceira com bola verde também com crianças entre 8 e 9 anos.

Na categoria de bola vermelha, a bola é mais leves e lentas com a quadra com dimensões menores (11m x 5,5m) e com a rede a altura de 80cm e raquetes juniores com 19 a 23 polegadas. Esta categoria apresenta como objetivos desenvolver nas crianças a coordenação geral, a movimentação inicial da modalidade, introdução ao jogo, proporcionar as primeiras trocas de bola e incutir nas crianças a autoconfiança com intuito de se divertir.

A etapa laranja start, com crianças de 8 a 9 anos, foi disputada com bolas mais leves e lentas e que proporcionam um quique mais baixo. As raquetes também são juniores, mas com 23 a 25 polegadas. A quadra passa a ter 18 cm x 6,5m e, é mantida a altura da rede de 80cm. Nesta categoria, a intenção de aprendizado trouxe como objetivos: introdução aos fundamentos do tênis, utilização da tática básica e a prática dos jogos modificados.

A categoria laranja upper funciona como uma sub categoria da bola laranja,l  também oferta bolas mais leves e lentas, com quique mais baixo, possuiu raquetes com as mesmas polegadas e a quadra e a rede com as mesmas dimensões da categoria anterior. Por ser a categoria com crianças mais avançadas, a disputa proporciona introdução aos fundamentos do jogo, exercícios físicos, pontuação, jogos de games, incentivam a independência das crianças, além de introduzir princípios de aquecimento, pratica de atividade física e saúde.

Já a categoria bol verde foi jogada com a quadra toda. Os jogadores possuem entre 9 e 13 anos e disputam um set curto de quatro games.

Durante todo o dia, as crianças invadiram as dependências do Jaraguá Tênis Clube. Muitos ansiosos, nervosos e tantos outros desejando apenas ser crianças. Era possível observar brincadeiras entre eles, correria e amizade entre os mesmos.

Tenista disputa competição de formação: bela inciativa de Sil Ribas - Foto: Alberto Oliveira

 

De acordo com as categorias, o evento trouxe dez vencedores, separados em grupos  diferentes. O resultados foram os seguintes:

Categoria

Bola vermelha 1

Campeão - Maria Clara Barbosa

Vice campeão - Marcelo Macedo

 

Bola vermelha 2

Campeão- Liz Cavalcante

Vice Campeão -  Mª Julia Lima

 

Bola vermelha 3

Campeão- Hilda Silva

Vice Campeão - Davi Cavalcante

 

Bola vermelha 4

Campeão- João Érico Camelo

Vice Campeão - Rodrigo Leahy. 

 

 

Arthur Lins foi vice-campeão na categoria bola laranja1 - Foto: Alberto Oliveira

 

 

 

Bola laranja 1

Campeão- Lara Coimbra

Vice Campeão- Arthur Lins

 

Bola laranja 2

Campeão- Mª Clara Sanches

Vice Campeão- Mª Eduarda Amorim

 

Bola laranja 3

Campeão- Gabriela Lima

Vice Campeão- Davi Sarmento

 

Bola laranja 4

Campeão- Sara Bonfim

Vice Campeão- Cláudio Matheus

 

Categoria

bola verde 1

Campeão - Gustavo Souza

Vice Campeão- Larissa Pino

 

Bola verde 2

Campeão- Jorge Smith

Vice Campeão- Aryl Lyra

 

PERSONAGEM

Lara Coimbra foi um dos destaques do Circuito Sil Ribas de Tênis - Foto: Alberto Oliveira

 

Ao ver Lara Coimbra, 8 anos, entrando em quadra para jogar na categoria bola laranja você imaginaria o que aquela garota pequena, franzina, estaria fazendo ali. Esta ideia é totalmente modificada quando a menina está em quadra, com a raquete na mão.

Lara apresenta movimentos naturais do jogo, é esperta, chega interia nas bolas, executa movimentos de 'jogadora grande' e acima de tudo, se diverte. Ela sempre é acompanhada do pai Leonardo e da mãe Izabella.

Além dos registros feitos pelos celulares dos pais, Lara se diverte com as amigas e com os amigos da turma das aulas de têrnis no Jaraguá. Com ‘Maria Chiquinha’ no cabelo, ela não parava um instante. Corria, falava com os pais, voltava a correr, conversava com os amigos, parava apenas para ver  os jogos dos atletas do seu grupo.

Pequenina em quadra se transformava em uma gigante. Saques coordenados, força e estilo na maneira de manusear a raquete, conseguia rebater as bolas com eficiência e mesmo nova, já é admiriada pelos colegas que não se cansavam de dizer: ‘Lara joga muito”.

Desenrolada, ela conversou - dentro da sinceridade de uma criança de oito anos – ela conversou com a reportagem do site esportealagoano e revelou ideias sobre seu envolvimento com o tênis. “Treino há quatro anos, duas vezes por semana” disse ela ao lado dos pais entre um sorriso e outro após ver suas fotos registradas e antes da premiação.

A mãe Izabella , mãe de Lara, revelou que ela precisava fazer esporte e a partir da indicação de  uma amiga, levou Lara para conhecer o tênis, no Jaraguá e desde do primeiro contato, entusiasmou-se e não largou mais o tênis.

Ainda é muito cedo para falar sobre uma criança/atleta de futuro, mas não resta dúvida que ao ver Lara Coimbra em quadra observa-se um potencial para um atleta de rendimento em breve futuro.

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.