Copa Guerreiros de Handebol: domínio de conquistas de Alagoas

  • segunda, 20 abril 2015 00:00
Copa Guerreiros de Handebol mostrou jogos empolgantes e muitas disputas pelos títulos da competição Copa Guerreiros de Handebol mostrou jogos empolgantes e muitas disputas pelos títulos da competição Alberto Oliveira

Copa Guerreiros de Handebol mostra domínio de conquistas de Alagoas

 

 

 

 

Após 184 jogos disputados, a 13ª edição da Copa Guerreiros de Handebol apontou os vencedores de onze categorias. Alagoas dominou o quadro de conquistas por categoria vencendo sete das onze disputadas.

 

As conquistas alagoanas foram iniciadas nas categorias menores. No mirim masculino, em uma final alagoana, o Monteiro Lobato derrotou o CEA/ADHb por 17 x 10 e ficou com o título. No feminino, o Monteiro Lobato também venceu. A vítima foi a equipe pernambucana do Souza Leão que foi derrotada por 15 x 9.

 

No infantil, as equipes alagoanas venceram a disputa no masculino, inclusive em uma final local, mas foi derrotada no feminino. No masculino, o SEB foi o vencedor. Na final vitória sobre o Monteiro Lobato por 19 x 7. Já na final feminina, o Souza Leão (PE) venceu o Madalena Sofia por 17 a 4.

 

Na categoria cadete duas vitórias alagoanas. No masculino, o Ipanema derrotou o Margarez Lacet – ambos de Alagoas – por 14  12, em uma das mais empolgantes finais da competição. No feminino, vitória do SEB sobre o São José por 4 a 1.

 

A partir da categoria juvenil, a rivalidade entre tradicionais escolas do handebol nordestino ficou mais evidenciada e algumas finais colocaram a disputa entre estados. No juvenil masculino, Alagoas, representada pelo Margarez Lacet bateu o CAIC (SE) por 15 a 9.  Já na disputa feminina, a final excluiu Alagoas. As pernambucanas do Santa Emília bateram as baianas do FHANC por 16 a 12.

 

No junior masculino, a final entre Dinamos (BA) e Campinense (PB). Vitória e conquista dos baianos na mais apertada final de toda a competição: 14 a 13.

 

No adulto, duas finais com características diferentes: folga na disputa masculina e equilíbrio na final feminina. No masculino a alagoana Elite bateu a sergipana Mocidade por 22 a 11. Já entre as mulheres o HCP (PB) venceu a UFAL (AL) por apenas um gol: 15 a 14.

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.