QUASE LÁ

  • sábado, 26 agosto 2017 00:00
CSA fez reconhecimento no Castelão e hoje poderá entrar em campo já classificado CSA fez reconhecimento no Castelão e hoje poderá entrar em campo já classificado ASCOM CSA

CSA enfrenta o Fortaleza hoje à noite podendo entrar em campo já classificado

 

 

 

O CSA entrará em campo neste domingo para buscar a classificação matemática para a 2ª fase da Série C. O jogo contra o Fortaleza será na Arena Castelão ás 19h15.

Após os empates entre Moto Club e Remo e Salgueiro e Sampaio, o CSA entrará em campo classificado se o ASA não perder para o Cuiabá. Se o alvinegro vencer ou empatar, o CSA estará classificado. Se o Cuiabá vencer, o CSA estará classificado se empatar e se vencer garantirá que na pior das hipóteses será o segundo colocado, levando a vantagem de fazer o segundo jogo do mota-mata no Rei Pelé.

Os dois times de maior investimento no grupo A vão medir forças novamente. No turno, o CSA venceu por 1 a 0 no Estádio Rei Pelé com gol de Gustavinho. Na oportunidade, o Fortaleza chegou na 6ª rodada na liderança com dois pontos a mais que o CSA (13 x 11), que era o segundo colocado. Com a vitória, o CSA reassumiu a liderança, com 14 pontos somando um ponto a mais que o Fortaleza.

No returno, o CSA chega para a rodada à frente do Fortaleza e permanecerá assim, mesmo que seja derrotado. O CSA é o vice-líder com 27 pontos e o Fortaleza tem 23 pontos e ocupa a 3ª colocação. Para o CSA o empate irá assegurar classificação para a 2ª fase e uma vitória assegura que o CSA, na pior das hipóteses, será segundo colocado. Para o time cearense a vitória vale se aproximar das primeiras colocações e quebrar uma sequência de três jogos sem vitória.

Levando em consideração apenas o returno, CSA e Fortaleza estão rigorosamente iguais. Os dois somam nove pontos, tem o mesmo número de vitória (2), empates (3) e derrota (1). Também estão iguais nos gols marcados (6) e nos gols sofridos (5).

Apesar da sequência negativa, o Fortaleza ainda é o segundo melhor mandante, com 15 pontos em 21 disputados, três pontos a menos que o CSA, que segue como melhor mandante com 18 pontos. Já o CSA segue como segundo melhor visitante atrás do Sampaio que é o melhor visitante do grupo.

CSA

Verdadeiramente o CSA havia se programa para chegar em Fortaleza já classificado. O jogo contra o Confiança foi todo trabalhado para isso, mas a inesperada derrota para o time sergipano empurrou um pouco mais para frente a classificação azulina.

Ao longo da semana, o CSA usou o jogo contra o Parnahyba pela seletiva da Copa do Nordeste para apagar a péssima atuação em Aracaju. O time fez um jogo sem sustos e readquiriu a confiança.

Ney da Mata conseguiu reencontrar a solidez no meio campo com o retorno de Marcos  Antonio que consegue fechar o corredor esquerdo e ainda surgir como opçõa para construção de jogadas ofensivas.

Também há uma mudança tática na formação da equipe. Nos três jogos contra Remo, Parnahyba no Piauí e contra o Confiança, o CSA ussou o 4-4-2, mas a partir do confronto contra o Parnahyba, na última 3ª feira, o CSA voltou a0 sistema que utilizou praticamente ao longo de toda a competição: 4-2-3-1.

O time azulino realiza um treino neste sábado em Fortaleza, mas Ney da Mata tem o time praticamente definido: Mota, Celsinho, Thales, Jorge Fellipe e Rafinha; Dahwan e Boquita; Edinho, Daniel Costa e Marcos Antonio; Michel Douglas.

FORTALEZA

A sequencia de resultados ruins trouxeram a pressão, a incerteza e a mudança promovida pela direção do Tricolor do Pici. Antonio Carlos (Zago) assumiu o comando após uma derrota para o Sampaio por 2 a 0.

O novo técnico teve pouco tempo para trabalhar o time, mas naturalmente, a mudança traz uma sacudida no grupo. Nopr pouco tempo que teve para trabalhar, Zago optou por três mudanças. Edimar foi testado no meio do sistema defensivo, passando Rodrigo Mancha para o meio campo, atuando como volante. Rony ficou no meio campo e Jô foi colocado no ataque, pois o time não terá Paulo Sérgio, que foi dos que iriam para o jogo em virtude de uma forte dor lombar.

 

A provável formação do Leão deverá ter: Marcelo Boeck, Felipe, Edimar, Ligger e Bruno Melo; Rodrigo Mancha, Ronny e Pablo; Lúcio Flávio, Hiago e Jô.

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.