PERTO DA QUINA

  • terça, 26 setembro 2017 00:00
Jogador do Vila comemora um dos gols em meio a quatro atletas do CRB Jogador do Vila comemora um dos gols em meio a quatro atletas do CRB Sebastião Nogueira

CRB chega a 4ª derrota seguida, fica a um resultado da sequência do 1º turno e se aproxima do Z4

 

O CRB sofreu a quarta derrota consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro. Falta mais uma derrota para o time regatiano repetir a triste sequência do 1º turno, onde nestes mesmos jogos, o CRB sofreu as cinco derrotas consecutivas.

Apresentando um futebol pavoroso, o CRB foi engolido pelo Vila Nova por 3 a 0. No primeiro tempo, Alemão e Alípio – em um golaço de falta – fizeram 2 a 0. Já nos acréscimos do tempo final, em uma penalidade de Rodolfo sobre Léo Rodrigues, o árbitro deu a penalidade e Alan Mineiro cobrou com categoria definindo o marcador.

O CRB estacionou nos 32 pontos e caiu uma posição, passando a ocupar a 14ª posição. Já o Vila Nova chegou aos 45 pontos, é o quarto colocado e também assegurou-se na zona de classificação de acesso para Série A. Com a sequência negativa, o CRB segue vendo a distância para a zona de rebaixamento diminuir. Agora caiu para três pontos.

Na próxima rodada (27ª), o CRB enfrentará o Londrina, na próxima sexta-feira, 29, às 20h30. Já no sábado, 30, o Vila Nova voltará a jogar no Serra Dourada às 16h30, contra o Brasil de Pelotas.

 

O Jogo

Em situação de risco na Série B, o CRB entrou em campo extremamente pressionado e tinha pela frente um time em grande fase, dentro do G4 e com confiança.

Este cenário começou a ficar muito claro logo no começo da partida. Aos três minutos, Gastón Figueira lançou Alan Mineiro, recebeu nas costas da defesa, bateu cruzado para chegada de Lourency, mas Gabriel cortou para escanteio, evitando o primeiro gol.

O time goiano continuou melhor até que aos 18 minutos chegou ao primeiro gol. Em jogada ensaiada, Alípio bateu o escanteio e Geovane no primeiro pau, desviou e matou a marcação da defesa do CRB. De frente surgiu Alemão pelo alto, atropelando Marcos Martins, que nem conseguiu subir. Alemão cabeceou sem chances para Kolln: Vila Nova 1 a 0.

Após fazer o gol, o Vila seguia melhor e criando mais oportunidades. O CRB apenas se defendia e cometia muitos erros. Mas já aos 37 minutos após uma falta de Audálio sobre Alípio, o próprio camisa 11 do Vila Nova partiu para cobrança e com muita categoria fez um golaço. Este foi o último lance do primeiro tempo.

Na volta para o segundo tempo, o jogo voltou caiu de rendimento. Com mudanças e um pouco mais de liberdade para jogar, o CRB soltou-se mais e aos nove minutos, Danilo Pires arriscou de longe e Luis Carlos fez uma grande defesa. No rebote, Weley Matos deu o rebote.

A partida continuou em banho maria e o Vila Nova em alguns contra ataques assustou a defesa do CRB. Já nos acréscimos, Léo Rodrigues foi derrubado dentro da área por Rodolfo dentro da área. Pênalti. Alan Mineiro bateu com extrema categoria, tirou o goleiro Edson Kolln da foto e marcou o terceiro gol finalizando o marcador no Serra Dourada.

 

Ficha Técnica

Vila Nova (GO) 3 x 0 CRB

Campeonato Brasileiro – Série B – 26ª Rodada

Local: Estádio Serra Dourada (Goiânia-GO)

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (CBF-SP)

Árbitro Assistente 1: Herman Brumel Vani (CBF-SP)

Árbitro Assistente 2: Vitor Carmona Metestaine (CBF-SP)

Renda: R$ 159.470,00  Público: 10.092 torcedores (com 8.796 pagantes)

Cartões Amarelos: Audálio, Gabriel (CRB) Tiago Adan (Vila Nova)

Gols: Alemão (Vila Nova) 18’ e Alipio (Vila Nova) 37’ do 1º tempo; Alan Mineiro (Pênalti-Vila Nova) 49’ do 2º tempo

Equipes:

Vila Nova (GO): Luis Carlos, Maguinho, Alemão, Wesley Matos e Gaston; Geovane, Mateus Anderson (Léo Rodrigues), PH e Alan Mineiro; Lourency (Thiago Adan)e Alipio(Claudinei)

Técnico: Hemerson Maria

CRB:  Edson  Kolln, Marcos Martins, Audálio, Gabriel e Diogo; Adriano, Toni(Pablo), Tinga e Danilo Pires; Chico(Rodolfo) e Neto Baiano (Elvis)

 

Técnico: Mazola Júnior

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.