XÔ URUCUBACA

  • sexta, 04 maio 2018 00:00
Jogadores do CRB comemoram os gols de Willians Santana na 1ª vitória do CRB na Série B Jogadores do CRB comemoram os gols de Willians Santana na 1ª vitória do CRB na Série B Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

Com hat-trick, Willians Santana desequilibra e garante 1ª vitória do CRB na Série B

 

 

Até que enfim. Após três derrotas seguidas na Série B do Campeonato Brasileiro, finalmente o CRB ‘estreou’ na competição. Com uma atuação eficiente ofensivamente e equilibrada na defesa, o Galo encaixou a primeira vitória na competição. O nome da vitória do CRB foi Willians Santana, autor dos três gols da vitória regatiana por 3 a 1.

Nos primeiros 45 minutos, o Regatas surpreendeu a todos pelo futebol eficiente, veloz, com intensidade e sem deixar espaços para o Atlético-GO. Willians Santana fez os gols aos nove, aos onze e aos trinta e nove. O gol de honra do time goiano surgiu já aos 47 minutos do 2º tempo, com William Alves.

Com a vitória, o CRB somou os três primeiros pontos na Série B , subiu duas posições na tabela de classificação, mas permanece na zona de rebaixamento em 17º lugar. Já o Atlético(GO) é o sexto colocado com seis pontos.

O CRB já retorna a campo na segunda-feira, 7, contra o Sampaio Corrêa, no Estádio Castelão em São Luís, no Maranhão. O Atlético (GO) receberá o Londrina, na próxima 6ª feira, 11, às 21h30, no Estádio Olímpico em Goiânia.

O Jogo

O Atlético (GO) começou o jogo sem tomar conhecimento que estava jogando em Maceió. A equipe goianiense tomava a iniciativa, girava a bola, tinha a posse, mas não tinha penetração na defesa regatiana.

Somente aos três minutos, o CRB conseguiu tocar na bola, tentar as ações do jogo. A partir dai, o CRB entrou no jogo. Aos sete minutos, Edson Ratinho cobrou escanteio, Lucas Siqueira subiu de cabeça e meteu na trave, no rebote, Edson Borges chutou por cima na entrada da pequena área.

Aos nove minutos, Neto Baiano cobrou uma falta com muita violência, Kleber deu o rebote, Willians Santana chegou dividindo e empurrou para o gol: CRB 1 a 0.

Ainda havia a comemoração do gol de abertura, quando o Atlético errou uma saída de bola. O lateral René errou, Diego Rosa recuperou a bola, foi ao fundo e cruzou, novamente Willians Santana desviou para o gol marcando o segundo do Galo: CRB 2 a 0.

Com o resultado, o CRB continuou mais intenso e criando situações de finalizações. O time goiano não conseguia sequer criar situações e o CRB ainda encaixaria mais um ataque com intensidade.  Aos 40 minutos, novamente Willians Santana finalizou, seco, rasteiro, forte, vencendo a marcação do Dragão e fazendo o terceiro dele, o terceiro do CRB: 3 a 0.

Após a intensidade do 1º tempo, o CRB mudou a postura no tempo final. A equipe manteve a forte marcação, mas com as linhas um pouco mais baixas. Isto fez com o Dragão tomasse mais ações da partida. No entanto apesar do volume de jogo, o Atlético não conseguiu incomodar a defesa do CRB. Além disto usando uma estratégia mais reativa, o CRB ainda criou oportunidades de ampliar o marcador. Aos 34 minutos, Edson Ratinho deixou Neto Baiano na entrada da pequena área, chutou para a defesa do goleiro Klever.

Já nos acréscimos, na cobrança de um escanteio, o Atlético(GO) chegou ao seu gol. Bola alçada e de cabeça, Willians Alves marcou o gol de honra do time goiano.

Ficha Técnica

CRB 3 x 1 Atlético (GO)

Campeonato Brasileiro – Série B – 4ª Rodada

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (CBF-RJ)

Árbitro Assistente 1: Luiz Claudio Regazone (CBF-RJ)

Árbitro Assistente 2: Thiago Henrique Neto Correia Farinha (CBF-RJ)

4º Árbitro: José Reinaldo Figueiredo (CBF-AL)

Renda: R$ 33.535,00  Público: 4.274 torcedores (com 3.278 pagantes)

Cartões Amarelos: Tomas Bastos, Julio César , Bruno Santos(Atlético-GO) Neto Baiano, Willians Santana, Lucas Siqueira (CRB)

Gols: Willians Santana (CRB) 9’, 11’ e 39’ do 1º tempo; William Alves (Atlético-GO) 47' do 2º tempo

Equipes:

CRB: João Carlos, Diogo Matheus, Flávio Boaventura, Edson Borges e Diego; Lucas Siqueira; Edson Ratinho, Tinga(Everton Sena), Willians Santana (Mazola) e Diego Rosa(Bruno Paulo); Neto Baiano

Técnico: Júnior Rocha

Atlético (GO): Klever, Alisson, Willian Alves, Renê e Bruno Santos; Bileu e Fernandes(Rômulo); João Paulo, Tomas Bastos (André Luis) e Júlio César; Tito (Júnior Brandão)

Técnico: Claudio Tencat

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.