CIRÚRGICO

  • sexta, 01 junho 2018 00:00
CSA vence Vila Nova no Serra Dourada: vice-liderança assegurada CSA vence Vila Nova no Serra Dourada: vice-liderança assegurada Douglas Monteiro/ comunicação Vila Nova

Com estratégia inteligente, CSA segura pressão do Vila, vence novamente fora e segue vice-lider

 

Cirúrgico. Estratégico. Preciso. Eficiente. Estes são alguns adjetivos que podem ser utilizados para o CSA. Fazendo um jogo com estratégia perfeita, o CSA foi cirúrgico: se defendeu com eficiência e conseguiu encaixar uma linda transição para Michel Douglas finalizar com precisão: CSA 1 a 0.

Nos momentos em que o time azulino não segurou a pressão do Vila, Alexandre Cajuru foi uma verdadeira ‘muralha’, fazendo pelo menos três grandes defesas que assegurou ao CSA uma bela e importante vitória.

O CSA quebrou mais um tabu na Série B. Ao vencer o Vila Nova por 1 a 0, o time azulino conseguiu a primeira vitória em Goiânia. Em outras três oportunidades, o CSA havia sido derrotado por times goianos: Goiás, Atlético-GO e o próprio Vila Nova. A vitória também fez, o Azulão chegar a terceira vitória em quatro jogos fora de casa.

Com a vitória, o Alagoano chegou aos 18 pontos e assegurou a vice-liderança nesta rodada, além de assegurar sua permanência no G4 na nona rodada, independente do resultado da partida contra o Guarani. Já o Vila Nova estacionou nos 13 pontos e no momento ocupa a sétima posição na tabela. No entanto, com o transcorrer da rodada poderá perder mais posições.

Na próxima rodada, o CSA jogará em casa e receberá o Guarani, na terça-feira, 5, 20h30, no Estádio Rei Pelé. Como a 9ª rodada será a primeira ‘cheia’ da Série B, o Vila Nova também entrará em campo. Novamente jogando em casa, o Vila receberá o Fortaleza, ás 21h30, no Estádio Serra Dourada.

O Jogo

Jogando em casa, o Vila Nova tratou de buscar propor o jogo desde o começo. A equipe apresentava mais posse de bola, mas não conseguia penetração, espaço para finalização.

Somente aos 12 minutos houve a primeira finalização. E foi justamente o CSA que chegou. De longe, Ferrugem arriscou e botou por cima do gol.

A resposta do Tigre surgiu cinco minutos depois. Reis criou a jogada e acabou finalizando com perigo, Alexandre Cajuru fez a defesa em dois tempos.

Aos 19, o Vila criou outra oportunidade. Maguinho bateu Rafinha, foi ao fundo e cruzou, sozinho, na entrada da pequena área, chutou muito mal, a bola subiu muito e Vila Nova perdeu mais uma grande oportunidade.

O jogo esfriou por dez minutos e somente aos 29 minutos, o placar quase é alterado. Alex Mineiro cobrou uma falta pelo lado direito, Nayhlor pressionou Michel Douglas, que acabou cabeceando contra o seu próprio gol, Alexandre Cajuru fez uma defesa excepcional, evitando o primeiro gol do Vila.

O CSA teve uma excelente oportunidade aos 41 minutos. Passe de Ferrugem, a defesa não cortou e Hugo Cabral surgiu sozinho, nas costas de Maguinho, batendo para o gol para uma defesa de Mateus Pasinato.

O cenário do começo do jogo se repetiu no início do segundo tempo. O Vila mais presente e aos 2 minutos, Mateus Anderson arriscou da intermediária e forçou Alexandre Cajuru a fazer mais uma bela defesa.

A resposta do CSA foi fatal. Se defendendo com segurança, o CSA conseguiu roubar uma bola na intermediária defensiva azulina, Yuri tabelou com Daniel Costa que voltou a bola para o volante e Yuri rasgou o corredor central do Vila no ponto futuro. Michel Douglas ganhou na velocidade de Naylhor, entrou na área e deu um toque com qualidade para abrir o marcador: CSA 1 a 0.

Aos dezenove minutos, Felipe Silva teve duas oportunidades no mesmo lance. Após o cruzamento, Felipe Silva cabeceou e Cajuru fez uma linda defesa, no rebote, novamente Felipe chutou cruzado e passou próxima ao poste esquerdo.

Depois disto, o Vila seguiu tentando furar o bloqueio defensivo do CSA, mas sem sucesso.

Ficha Técnica

Vila Nova 0 x 1 CSA

Campeonato Brasileiro – Série B – 8ª Rodada

Local: Estádio Serra Dourada (Goiânia)

Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (CBF-MG)

Árbitro Assistente 1: Sidmar dos Santos (CBF-MG)

Árbitro Assistente 2: Marcus Vinícius Gomes (CBF-MG)

4º Árbitro: Breno Vieira de Souza (GO-CBF)

Renda:  R$ 66.285,00 Público: 5.017 torcedores(com 3.958 pagantes)

Cartões Amarelos: Ferrugem, Yuri (CSA) Geovane (Vila Nova)

Gols: Michel Douglas (CSA) 9’ do 2º tempo

Equipes:

Vila Nova: Mateus Pasinato, Maguinho, Naylhor, Diego Giaretta e Anderson Luis (Helder); Geovane, Wellington Reis; Mateus Anderson, Alan Mineiro e Reis (Filipe Silva); Ramon (Vinicius Reis)

Técnico: Hemerson Maria

CSA: Alexandre Cajuru, Celsinho, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Yuri e Ferrugem (Dawhan); Didira, Daniel Costa (Boquita) e Hugo Cabral; Michel Douglas(Roger)

Técnico: Marcelo Cabo

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.