ALIVIO IMEDIATO

  • quarta, 04 julho 2018 00:00
Lucas Siqueira brigou muito no meio campo e contribuiu com a vitória do CRB sobre o São Bento Lucas Siqueira brigou muito no meio campo e contribuiu com a vitória do CRB sobre o São Bento Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

Com gol mágico de Leílson, CRB vence São Bento na estreia de Doriva

 

Talvez para o torcedor do CRB já não existissem mais esperanças no jogo pois via o seu time criar mas não ser eficiente. No entanto saiu dos pés do meia Leílson, que veio do banco de reservas, a inspiração para garantir a vitória para o CRB.

Eram 39 minutos quando após uma cobrança de escanteio, o rebote foi do CRB e Leílson acertou um lindo chute, vencendo o goleiro do São Bento e marcando o gol da vitória do Galo.

O resultado era o que o CRB precisava para aliviar a pressão da ausência de resultados. A dimensão da importância da vitória foi de uma comemoração que parecia a saída de imenso peso das costas.

Com a vitória, o CRB chegou aos 15 pontos, subiu duas posições e ocupa a 17ª colocação, mesmo mantendo-se na zona de rebaixamento. Já o São Bento sofreu a terceira derrota seguida, estacionou nos 17 pontos e é o 13º colocado.

CRB e São Bento voltam a jogar na 15ª rodada. O CRB jogará em Varginha (MG), contra o Boa Esporte, sexta-feira,13, 20h30. Já no sábado, o São Bento receberá a Ponte Preta, no sábado, dia 14, no Estádio Walter Ribeiro.

O Jogo

O CRB começou a partida pressionando. Em três minutos o time regatiano já havia conseguido dois escanteios. No segundo após a cobrança Anderson Conceição subiu muito alto, a bola explodiu no travessão e no rebote, Lucas Siqueira teve a possibilidade da finalização, mas bateu fraco e Rodrigo Viana fez a defesa.

A primeira finalização do São Bento veio aos 6 minutos. Saída errada, o time paulista chegou em bloco e Diogo Oliveira chutou seco, rasteiro, para uma defesa segura do goleiro João Carlos.

O CRB não aliviou a pressão exercida sobre o São Bento e aos 14 minutos nova jogada criada pelo lado com Willans Santana, que cruzou, Diego Rosa desviou e Rodrigo Viana fez nova defesa.

O CRB montou uma estratégia tão agressiva que não aguentou a marcação forte, o pressing, por 30 minutos. A equipe regatiana diminuiu suas linhas, retirou seus jogadores do campo do São Bento e passou a marcar um pouco mais baixo. Com qualidade na posse de bola e na saída em velocidade, o São Bento conseguiu controlar o final do jogo.

O segundo tempo começou com uma intensidade semelhante ao primeiro, mas com a diferença que os times eram mais agressivos. Mas a primeira grande oportunidade surgiu apenas aos 10 minutos, Willians Santana surgiu pelo corredor central com a bola dominada e por elevação encontrou Lucas Siqueira cabeceou, sozinho, mas em cima do goleiro Rodrigo Viana.

Somente nos lances de bola parada, o jogo poderia ser decidido. Aos 32 minutos, Diogo Matheus cobrou uma falta com muita eficiência e Rodrigo Viana fez uma linda defesa evitando o gol do CRB.

O CRB seguia insistindo em bolas pelo alto. Aos 39 minutos, um escanteio foi cobrado, o rebote da defesa foi dado e de fora da área, Leílson acertou uma chutaço, vencendo o goleiro Rodrigo Viana e botando o CRB na frente: Galo 1 a 0.

 

Ficha Técnica

CRB 1 x 0 São Bento

Campeonato Brasileiro – Série B – 14ª Rodada

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)

Árbitro: Rafael Traci (CBF-PR)

Árbitro Assistente 1: Rafael Trombeta (CBF-PR)

Árbitro Assistente 2:  Jefferson Cleiton da Silva (CBF-PR)

4º Árbitro: Rafael Carlos Salgueiro (CBF-AL)

 

Renda:  R$ 30.502,00 Público: 4.036 torcedores (com 3.146 pagantes)s: Cléo Silva, Ricardo Bueno (São Bento)

Gols: Leilson (CRB) 39’ do 2º tempo

Equipes:

CRB: João Carlos, Diogo Matheus, Everton Sena, Anderson Conceição e Rafael Carioca; Claudinei e Lucas Siqueira; Alípio(Bruno Paulo), Willians Santana e Diego Rosa (Leilson); Neto Baiano (Rafael Costa)

Técnico: Doriva

São Bento: Rodrigo Viana, Dudu Vieira, Luizão, Douglas Assis e Marcelo Cordeiro(Cleo Silva); Fábio Bahia e Doriva; Everaldo, Diogo Oliveira(Maicon Souza) e Paulinho; Ronaldo (Ricardo Bueno)

Técnico: Edson Borges (interino)

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.