'1 A 0 GORDO'

  • sexta, 03 agosto 2018 00:00
Hugo Cabral sobe, cabeceia e garante vitória do CSA sobre o Juventude: 1 a 0 Hugo Cabral sobe, cabeceia e garante vitória do CSA sobre o Juventude: 1 a 0 Thiago Parmalat - ASCOM CSA

CSA vence Juventude, em noite especial de Hugo Cabral e fecha turno no pontuação recorde

 

Já eram três rodadas sem vencer na Série B. O jogo contra o Juventude, no Estádio Rei Pelé marcava o encerramento do turno para o CSA e a equipe azulina tinha um objetivo claro: vencer e fechar o turno com 34 pontos.

Não foi um jogo fácil e com tanto equilíbrio na Série B, a vitória por 1 a 0 pode claramente ser considerada uma ‘goleada’ ou uma ‘vitória gorda’, devido a sua importância dento do contexto da competição.

A vitória surgiu de uma ‘cabeça’ improvável. Hugo Cabral foi o autor do gol que garantiu ao Azulão fechar o turno com uma pontuação recorde. Improvável não pelo seu cabelo, sempre com estilo diferente, ou pelo camisa 11 azulino tem várias oportunidades e não conseguir uma produtividade, mas por um drama pessoal, revelado apenas no final do jogo.

Hugo deixou a concentração ás 5h30 da manhã da sexta-feira para ir acompanhar uma cirurgia de sua filha, retornando apenas no começo da tarde. O jogador disse ao treinador que este sexta ‘seria um dia diferente na vida dele’, e foi.

A vitória do CSA fez z equipe fechar os jogos de ida na vice-liderança, com 34 pontos, a mesma pontuação do Fortaleza, que jogará amanhã com o Coritiba.

Além disto, o time quebrou mais um recorde na Série B. Já havia pulverizado o número de rodadas seguidas no G4 que era do CRB em 2016 – 14 rodadas -, agora detonou mais duas marcas do CRB. Até esta sexta-feira, o CRB era o clube alagoano a fazer o maior número de pontos no turno da Série B: 33 pontos no ano de 2016. Com os 34 pontos deste turno, o CSA é o clube alagoano com mais pontos no turno inicial da Série B.

Além disto, a vitória sobre o Juventude também fez o CSA superar outra marca do CRB: maior sequência de invencibilidade em campeonatos brasileiros. O time azulino está a dez jogos sem perder.

Com a vitória, o CSA permanecerá em segundo lugar independentemente dos resultados do complemento da rodada. O Juventude estacionou nos 24 pontos e permanecerá na 13ª colocação da competição.

O CSA abrirá sua participação no returno  contra o Goiás, na próxima sexta-feira, 10, no Estádio Olímpico, 19h15. Já o Juventude fechará a rodada de abertura do returno, 20ª rodada, no sábado, 21h, no Alfredo Jaconni, contra o Figueirense.

 

O Jogo

 

Daniel Costa articulou o time do CSA para buscar a vitória contra o Juventude - Foto: Thiago Parmalat - Flickr CSA

 

O CSA começou pressionando e logo no minuto inicial, Daniel Costa cobrou o escanteio e Xandão cabeceou para abrir o marcador e Douglas fez uma defesa excepcional.

Na primeira saída para o jogo, o Juventude também criou problema. Leandro Lima cobrou o escanteio, a bola foi cortada de forma errada e Matheus Bartotto bateu por cima do gol.

Aos 14 minutos, Taiberson foi ao fundo, chamou o marcador para dançar e cruzou rasteiro, Alemão se apresentou e fez o pivô, tocando para Celsinho, que bateu muito alto colocando por cima do gol defendido por Douglas.

O time gaúcho seguia saindo para o jogo. No intervalo de cinco minutos, o Juventude finalizou duas vezes com perigo e duas vezes com Guilherme Queiroz.

O Juventude se defendia muito bem e começou a sair com mais qualidade. Já aos 43 minutos, o time de Caxias do Sul perdeu a bola no ataque e o CSA criou um contra-ataque forte. Taiberson recebeu de Celsinho, levou a bola até a entrada da área e cruzou , Alemão bateu para o gol, mas Rafael Bonfim se jogou na bola e evitou o gol.

O CSA insistiu. No lance seguinte, o ataque foi pelo lado contrário. Rafinha cruzou e Didira cabeceou com Douglas dando o rebote na primeira bola e depois a defesa afastou quando Alemão ia finalizar.

Contra ataque perigoso do Juventude puxado por Caio Rangel com participação de Bruno ribeiro e finalização de Yuri Mamute, assustando o goleiro Lucas Frigeri.

Aos 37 minutos, o CSA montou uma ‘blitz’ e após Rafinha insistir na finalização e depois do cruzamento, a defesa não cortou e Hugo Cabral de cabeça marcou o gol do time azulino.

Após o gol, o time do CSA ainda criou pelo menos duas oportunidades, mas conseguiu controlar a partida, segurou qualquer chance de reação do Juventude e assegurou três pontos.

Ficha Técnica

CSA 1 x 0 Juventude

Campeonato Brasileiro – Série B – 19ª Rodada

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)

Árbitro: Vinicius Furlan (CBF-SP)

Árbitro Assistente 1: Herman Brumai Vani (CBF-SP)

Árbitro Assistente 2: Vitor Carmona Metestaine (CBF-SP)

4º Árbitro: Rafael Carlos Salgueiro (CBF-AL)

Renda: R$ 125.618,00 Público: 9.949 torcedores (com 8.197 pagantes)

Cartões Amarelos: Daniel Costa. Leandro Souza (CSA) Guilherme Queiroz, Caio Rangel (Juventude)

Gols: Hugo Cabral (CSA) 37’ do 2º tempo

Equipes:

CSA: Lucas Frigeri, Celsinho, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Yuri e Juan(Hugo Cabral); Taiberson(Pingo), Daniel Costa (Dawhan)e Didira; Alemão

Técnico: Marcelo Cabo

Juventude: Douglas, Vidal, Rafael Bonfim, Fred e Maurício; Diones e Matheus Bertotto; Denner(Bruno Ribeiro), Leandro Lima (Caio Rangel) e Pará(Yuri Mamute);  Guilherme Queiroz

Técnico: Julinho Camargo

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.