DE VIRADA

  • terça, 11 setembro 2018 00:00
CSA acaba derrotado pelo Vila Nova em pleno Rei Pelé CSA acaba derrotado pelo Vila Nova em pleno Rei Pelé Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

Em casa, CSA perde 100% no returno, sofre virada e acaba derrotado pelo Vila Nova

 

O CSA perdeu de virada para o Vila Nova, na noite desta 3ª feira, no Estádio Rei Pelé, por 2 a 1. A derrota azulina, a 1ª em casa no returno da Série B, foi de virada. O time azulino abriu o marcador já no final do 1º tempo com Jhon Cley. No segundo tempo, Rafael Silva marcou duas vezes e garantiu a virada do Vila Nova na competição.

O CSA iniciou a partida de forma muito positiva, mas depois permitiu que o Vila Nova tomasse conta do jogo e apenas no minuto final, o CSA encontrou o gol. Mas no tempo final, o Vila foi mais efetivo e depois de conseguir o empate e das mudanças do técnico Marcelo Cabo, o Tigre ainda teve tempo de conseguir a virada.

Com a derrota o CSA estacionou nos 46 pontos e abre a rodada ainda na vice-liderança. Já o Vila Nova chegou aos 43 pontos e começa a rodada no G4, ocupando a 4ª colocação.

Na 27ª rodada, o CSA enfrentará o Guarani, no sábado, 22, ás 19h, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa. Já o Vila Nova também jogará no dia 22, enfrentando o Fortaleza, na Arena Castelão, ás 16h30.

O Jogo

Contra o time de melhor defesa da Série B e que mais faz com eficiência o jogo reativo, o CSA iniciou a partida buscando as ações. No primeiro lance do jogo, Celsinho cobrou um lateral, Rubens fez o desvio inicial e no corte parcial da defesa, a bola sobrou para o próprio Rubens, que dentro da área, chutou cruzado para Matheus Pasinato fazer a defesa.

O CSA chegou com muito perigo aos nove minutos. Pio cobrou uma falta em diagonal, com força e velocidade, Matheus Pasinato fez uma grande defesa, cedendo o escanteio. Na cobrança, Celsinho desviou de cabeça e quase abre o marcador.

A primeira resposta em velocidade do Vila Nova aconteceu aos 22 minutos, quando Gaston Filgueira fez uma grande assistência, Matheus Anderson dominou na área, virou sobre a marcação e Felipe Garcia fez uma grande defesa. No minuto seguinte, o Vila tentou novamente. Bola pelo lado esquerdo da defesa azulina, rebote de defesa e na entrada da área, novamente Matheus Anderson chutou e a bola explodiu no peito de Leandro Souza.

O Vila começou a criar mais situações ao longo da partida e causar mais preocupações na defesa.

Somente aos 44 minutos, o CSA montou uma blitz após a jogada ser girada de um lado para o outro, o cruzamento de Daniel Costa aconteceu, Rubens brigou na primeira bola, brigou na segunda oportunidade e no rebote, Jhon Cley pegou o rebote, chutou forte, rasteiro, vencendo o goleiro Matheus Pasinato e colocando o CSA na frente do marcador: 1 a 0.

Aos 16 minutos, Didira recebeu a bola de fora da área e acertou um lindo chute, ainda mais bonito foi a defesa do goleiro Matheus Pasinato.

No minuto seguinte, Daniel Costa deu um passe errado no meio campo, Alan Mineiro deu sequência ao lance, a defesa do CSA deu espaço e após um cruzamento para área, Rafael Silva chegou desviando para o gol e empatando a partida.

As mudanças feitas pelo técnico Marcelo Cabo deixaram o CSA em um 4-3-3 com a posse de bola, mas um pouco mais vulnerável sem a bola. O Vila Nova fez o gol de empate e conseguia ser mais perigoso. Aos 30 minutos, novamente Rafael Silva girou em cima da marcação e chutou, assustando o goleiro Felipe Garcia.

O CSA tentou crescer no jogo. Primeiro Didira da entrada da área tentou  um voleio e depois Rafinha cobrou falta de muito longe, a bola desviou na defesa e chegou a tocar no travessão quando descaiu.

Hugo Cabral e Judivan criaram uma boa jogada e acionaram o lateral Rafinha, que ainda driblou um marcador para chutar cruzado, assustando o goleiro Pasinato.

Já no minuto final, Rafael Silva arrancou pelo lado direito, venceu a marcação e chutou cruzado para marcar e dar a vitória a equipe do Vila Nova.

Ficha Técnica

CSA 1 x 2 Vila Nova

Campeonato Brasileiro – Série B – 27ª Rodada

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)

Árbitro:  Leo Simão Holanda (CBF-CE)

Árbitro Assistente 1: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CBF-CE)

Árbitro Assistente 2: Jailson Albano da Silva (CBF-CE)

4º Árbitro: José Ricardo Laranjeira (CBF-AL)

Renda: R$ 220.145,00 Público: 14.576 torcedores (com 12.626 pagantes)

Cartões Amarelos: Daniel Costa, Xandão (CSA) Matheus Pasinato, Alan Mineiro (Vila Nova)

Gols: Jhon Cley (CSA) 44’ do 1º tempo; Rafael Silva (Vila Nova) 18’ e 45’ do 2º tempo

Equipes:

CSA: Felipe Garcia, Celsinho, Leandro Souza, Matheus Lopes e Rafinha; Yuri e Pio(Judivan); Didira, Daniel Costa(Hugo Cabral) e Jhon Cley (Pingo); Rubens

Técnico: Marcelo Cabo

Vila Nova: Matheus Pasinato, Moacir, Wesley Matos, Diego Giaretta e Gastón Filgueira; Geovane e Wellington Reis(Rafael Silva); Mateus Anderson (Léo Itaperuna), Alan Mineiro (Washington) e Lucas Braga; Alex Henrique

Técnico: Hemerson Maria

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.