AUMENTANDO A DIFICULDADE

  • sábado, 06 outubro 2018 00:00
Sem fazer um bom jogo, o CRB foi derrotado pela Ponte Preta por 1 a 0 Sem fazer um bom jogo, o CRB foi derrotado pela Ponte Preta por 1 a 0 Fábio Leoni/Ponte Press

Em jogo de baixo rendimento, CRB é derrotado pela Ponte e se complica na luta contra o rebaixamento

 

O CRB sofreu mais uma derrota na série B do Campeonato Brasileiro. Jogando em Campinas, o Galo perdeu para a Macaca por 1 a 0. A gol da vitória da Ponte Preta foi marcado por André Luis aos 26 minutos do 2º tempo.

A derrota em Campinas foi a 13ª na Série B. Dos 15 jogos fora de casa, o CRB perdeu dez.

Até com um empate, o time regatiano sairia da zona de rebaixamento. Mas com a derrota, o CRB estacionou nos 31 pontos, manteve na 17ª posição e segue abrindo a zona de rebaixamento. Já a Ponte Preta chegou aos 40 pontos, subiu três posições e já ocupa a 10ª posição na tabela de classificação.

O CRB volta a campo na 32ª rodada logo na terça-feira, 9. O Galo irá a Belém e enfrentará o Paysandu, no Estádio da Curuzu, ás 19h15. Já a Ponte Preta enfrentará o CSA, no Rei Pelé, na sexta-feira, 12, ás 21h30.

O Jogo

A partida começou com pouca qualidade de criação e poucos lances ofensivos. Poucas situações foram criadas e o nível técnico foi muito baixo.

O primeiro lance de grande perigo veio apenas aos 28 minutos. André Luis recebe nas costas da defesa do CRB e toca por cima, a bola passa por João Carlos e toca na trave. Todo o primeiro tempo foram pouquíssimas oportunidades.

O segundo tempo começou muito diferente. Logo aos 33 segundos, Felipe Menezes soltou um chutaço de fora da área, a bola explodiu no peito do goleiro Ivan e no rebote, Diego Rosa desperdiçou mandando a bola por cima da trave.

Dois minutos depois, a Ponte respondeu. Roberto ficou com a sobra após o lado direito, ajeitou e soltou um canudo. A bola passou muito perto do poste direito do goleiro João Carlos.

A partir dos 15 minutos, a Macaca aplicou uma blitz criando diversas chances de finalizar. Dez minutos depois, a Ponte chegou ao gol. Danilo Barcelos cobrou o escanteio, no primeiro pau, o André Luis desviou de forma leve, a bola atravessou em diagonal e entrou no canto contrário onde estava o goleiro do CRB. Ponte: 1 a 0.

Aos 33 minutos, Diego Rosa encontrou espaço pelo lado esquerdo e cruzou, apesar do tamanho, Elias subiu e desviou de cabeça, forçando Ivan a fazer uma defesa excepcional, evitando o empate. O Galo se animou e no minuto seguinte, Rafael Carioca acertou um chute forte, cruzado, assustando o goleiro Ivan.

Após dois lances seguidos do CRB, a Ponte Preta buscou na bola parada a chance de empatar. Danilo Barcelos cobrou um escanteio direto e tentou marcar um gol olímpico. O goleiro João Carlos evitou o gol.

O último lance de perigo na partida foi aos 39 minutos. Júnior Santos dribla dois jogadores do Galo e bate para o gol, Anderson Conceição salva quase em cima da linha e na sequencia a bola bate na mão de Everton Sena. Jogadores da Ponte pedem a penalidade, mas o árbitro Pericles Bassols manda o lance seguir. Final de jogo, Ponte 1 x 0 CRB.

Ficha Técnica

Ponte Preta  1 x 0 CRB

Campeonato Brasileiro – Série B – 30ª Rodada

Local: Estádio Moisés Lucarelli (Campinas-SP)

Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (CBF-PE)

Árbitro Assistente 1: Clovis Amaral da Silva (CBF-PE)

Árbitro Assistente 2: Cleberson do Nascimento Leite (CBF-PE)

4º Árbitro: Lucas Canetto Bellote (CBF-SP)

Renda: R$ 30.535,00 Público: 1.926 torcedores

Cartões Amarelos: Igor Vincius, Tiago Real (Ponte Preta) Everton Sena, Rafael Carioca, Felipe Menezes, Willians Santana (CRB)

Expulsões: Willians Santana

Gols: André Luis (Ponte Preta) 33’ do 2º tempo

Equipes:

Ponte Preta: Ivan, Igor Vinicius, Reginaldo, Renan Fonseca e Danilo Barcelos; João Vitor e Lucas Mineiro; Tiago Real (Roberto), Matheus Vargas(Nathan) e Hyuri (Júnior Santos); André Luís

Técnico: Gilson Kleina

CRB: João Carlos; Everton Sena, Lázaro e Anderson Conceição; Edson Ratinho (Elias), Claudinei, Serginho( Rafael Costa), Felipe Menezes (Leílson) e Rafael Carioca; Willians Santana e Diego Rosa

Técnico: Roberto Fernandes

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.