HOJE NÃO!

  • terça, 10 setembro 2019 00:00
CRB vence em casa após sequencia de cinco partidas: 3 a 1 sobre o Brasil CRB vence em casa após sequencia de cinco partidas: 3 a 1 sobre o Brasil Ailton Cruz

CRB faz jogo seguro, bate o Brasil por 3 a 1 no Rei Pelé e põe fim a jejum de vitórias em Maceió.

 

 Por: Isaac Simões

 

 

 

Com grande atuação, Felipe Ferreira foi o grande destaque do CRB contra o Brasil: gol quer abriu caminho para vitória - Foto: Ailton Cruz

 

 

Finalmente o CRB voltou a vencer diante de seu torcedor no Estádio Rei Pelé. Com uma atuação consistente, o Galo bateu o Brasil de Pelotas por 3 a 1, nesta terça-feira (10), em Maceió e pôs fim ao jejum de cinco jogos consecutivos sem triunfos em casa, pela Série B do Brasileirão.

Camisa 10 regatiano, o meia Felipe Ferreira foi o dono da partida no Trapichão, abrindo o marcador para o Galo aos 18 minutos do primeiro tempo, e servindo o volante Lucas Siqueira aos 32’ da etapa inicial. No segundo tempo, Maicon Assis diminuiu para o Xavante, mas Alisson Farias garantiu a vitória alvirrubra com um golaço.

Com o resultado, o CRB chegou aos 33 pontos e subiu quatro posições, assumindo a 5ª colocação na tabela da Segundona. O Brasil, por sua vez, estacionou nos 28 pontos e segue em 11º no Brasileiro.

Agora, o CRB terá onze dias até o próximo compromisso pela Série B. O Galo volta a campo somente no sábado (21), quando vai até o Couto Pereira, encarar o Coritiba, às 19h, pela 23ª rodada. Dois dias antes, o Brasil recebe a visita do Figueirense, às 21h30, no Bento Freitas, em Pelotas-RS.

Domínio regatiano

Logo que a bola rolou o CRB mostrou-se um time ofensivo dentro de campo e não deu espaços para o Brasil. A primeira finalização regatian saiu aos 10 minutos. Léo Ceará recebeu na entrada da área, arriscou rasteiro, mas o chute saiu fraquinho e Carlos Eduardo segurou com tranquilidade.

Com muita intensidade, o Galo assustou um minuto depois, quando Alisson Farias aproveitou a sobra pelo lado esquerdo, trouxe para dentro e bateu à meia altura, obrigando o goleiro xavante a espalmar.

Inspirado, o meia Felipe Ferreira ditava o ritmo alvirrubro pelo lado direito e, por pouco, o primeiro gol regatiano não saiu dos pés dele aos 14 minutos. Igor cruzou da esquerda, Léo Ceará errou a bicicleta e a redonda sobrou para o camisa 10 do Galo, mas ele chutou por cima.

Porém, quatro minutos mais tarde, em uma jogada espelhada, ele não perdoou. Igor fez um belo cruzamento pelo lado esquerdo, o meia regatiano se antecipou a marcação de Leandro Camilo e tocou entre as pernas do goleiro Carlos Eduardo: Galo 1 a 0.

O gol deu tranqüilidade ao time do técnico Marcelo Chamusca, que abdicou da estratégia inicial e passou a atuar de forma reativa, dando mais campo para o Xavante.

Bem postado em campo, o Galo seguiu incomodando os gaúchos e aos 32’ por pouco não ampliou. Felipe Ferreira trocou figurinhas com Daniel Borges pelo lado direito, bateu cruzado e Alisson Farias desviou para o gol, mas Carlos Eduardo fez um milagre.

Percebendo que o caminho era o setor direito de ataque, Felipe Ferreira chamou a marcação do lateral Willian Formiga, ajeitou o corpo e cruzou na medida para Lucas Siqueira, dentro da área, testar no cantinho direito, sem chances para Carlos Eduardo, que ainda se esticou todo mas viu a redonda morrer no fundo das redes: CRB 2 a 0.

Sempre pela direita, o CRB quase chegou ao terceiro antes do intervalo com Léo Ceará. Ele recebeu cruzamento de Daniel Borges, finalizou de primeira, mas a bola foi para fora.

Golaço e fim do jejum

 

 

Alisson Farias comemora golaço que confirmou a vitória do CRB: 3 a 1 - Foto: Ailton Cruz

 

 

Na segunda etapa, o CRB manteve a proposta de jogo e seguiu apostando nos contra-ataques. Apesar da maior posse de bola, os gaúchos não conseguiam incomodar o Galo e veio finalizar apenas aos 21 minutos com Ednei. Ele recebeu na entrada da área, bateu uma bomba e Vinícius fez a sua primeira defesa da partida, espalmando para escanteio.

O próprio Ednei bateu o córner, a bola passou por toda a grande área e sobrou para Maicon Assis, que bateu rasteiro e venceu o goleiro alvirrubro, diminuindo o placar: 2 a 1.

O gol trouxe na memória do torcedor, o filme das últimas cinco partidas, mas dois minutos depois, Alisson Farias acertou um chutaço da entrada da área, marcando o terceiro do Galo e acabando com a aflição dos alvirrubros nas arquibancadas do Rei Pelé: 3 a 1.

CRB x Brasil de Pelotas

Campeonato Brasileiro – Série B – 22ª Rodada

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)

 

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (CBF-GO)

Árbitro Assistente 1: Cristhian Passos Serence (CBF-GO)

Árbitro Assistente 2: Tiago Gomes da Silva (CBF-GO)

4º Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (CBF-AL)

 

Renda: R$ 22.927,00

Público pagante: 2.125 torcedores

Público total: 3.263 torcedores.

 

Cartões Amarelos: Murilo Rangel (Brasil de Pelotas), Bruno Aguiar (Brasil de Pelotas), Ricardo Luz (Brasil de Pelotas), Bryan (CRB) e Eduardo Person (Brasil de Pelotas).

Cartões Vermelhos: Lucas Abreu (CRB).

Gols: Felipe Ferreira (CRB, aos 18’ do 1º tempo); Lucas Siqueira (CRB, aos 34’ do 1º tempo); Maicon Assis (Brasil, aos 22’ do 2º tempo) e Alisson Farias (CRB, aos 24’ do 2º tempo).

 

Equipes:

CRB: Vinícius; Daniel Borges, Victor Ramos, Wellington Carvalho e Igor Cariús (Bryan); Claudinei, Lucas Siqueira e Lucas Abreu; Felipe Ferreira (Willie), Alisson Farias e Léo Ceará (Edson Cariús).

Técnico: Marcelo Chamusca.

 

Brasil de Pelotas-RS: Carlos Eduardo; Ednei, Leandro Camilo, Bruno Aguiar e Willian Formiga; Leandro Leite, Eduardo Person e Diogo Oliveira (Pereira); Murilo Rangel (Ricardo Luz), Daniel Cruz (Maicon Assis) e Rodrigo Alves.

Técnico: Bolívar.

 

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.