CLIMA DE FINADOS

  • sábado, 02 novembro 2019 00:00
Jogadores do CRB comemorar o terceiro gol que daria a vitória:: empate veio logo a seguir Jogadores do CRB comemorar o terceiro gol que daria a vitória:: empate veio logo a seguir Jefferson Vieira/Oeste

Em jogo ‘louco’, CRB consegue virada, toma gol no final, cede empate e se distancia da briga por G4

 

Cléber Reis ergue as maõs e comemora gol:no minuto final

 

Por Alberto Oliveira

Fotos: Jefferson Vieira/Oeste

 

 

Um jogo cheio de alternativas no 2º tempo, com seis gols, com alternâncias no marcador e com um resultado ruim para os objetivos traçados pelo CRB. O empate em 3 a 3 contra o Oeste deixa o CRB no limite ou com a ‘corda no pescoço’ para ainda brigar por G4.

Restando seis jogos, o CRB precisará de seis vitórias para ainda lutar por acesso.

A partida teve tempos bem distintos. O primeiro tempo morno, de poucas finalizações e com o CRB achando o gol no último lance da etapa inicial. O tempo final foi elétrico, com cinco gols e duas viradas. O Oeste voltou melhor e em um intervalo de dois minutos, chegou a virada do marcador. Mas o CRB voltou a reagir e também em um período curto, fez mais dois gols e voltou a frente do marcador. Nesta loucura de alternância de placar, o Oeste ainda chegou ao empate já aos 47 minutos.

Alisson Farias e Léo Ceará, por duas vezes, marcaram os gols do CRB. Fábio, Thiaguinho e Cleber Reis marcaram para o Oeste.

Com o ponto somado, o CRB chegou aos 47 pontos e ocupa a sexta colocação. Já o Oeste chegou aos 39 pontos, caiu uma posição e agora é o 14º colocado.

Em termos de distância para o G4, a diferença do CRB para o quarto colocado é de quatro pontos e o CRB precisará, pelo menos de duas rodadas para voltar ao G4. Restando seis jogos, o CRB teria que descartar duas rodadas para poder chegar ao G4. Já o Oeste tem uma vantagem mais confortável da zona de rebaixamento. O time paulista tem seis pontos de vantagem para o Figueirense, que é a primeira equipe na zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o CRB enfrentará o Cuiabá, na terça-feira,5, ás 22h30, - horário de Maceió, na Arena Pantanal. Já o Oeste também na terça-feira enfrentará o Botafogo, ás 19h15, na Arena Barueri.

O jogo

Tempo inicial foi marcado por poucas chances, muita marcação e futebol pobre

 

Aos doze minutos, Alisson Farias deu uma linda assistência e na cara do gol, em diagonal, Iago chuta fraco e Luis Carlos faz a defesa. Depois o próprio Alisson Farias cria uma jogada pelo corredor esquerdo, corta para o meio   e chuta com muito perigo.

Aos 23 minutos foi a vez do Oeste criar uma situação ofensiva, buscando a finalização.  Salomão chuta forte, cruzado, a bola desvia na defesa e vai para escanteio.

Aos poucos, o Oeste também saia para o jogo. A melhor opção era a construção pelo corredor esquerdo e Salomão saiu pelo lado e chutou forte, bem colocado, Andrey defendeu sem dificuldade.

Aos 42 minutos, o Oeste quase marca. Chute forte de Wallace Bonilha, a bola desvia em Igore iria entrar no gol, mas volta a desviar, batendo na perna de Andrey e saindo para escanteio.

Já nos acréscimos, o CRB chegou ao gol. Alisson Farias recebe dentro da área e faz uma finalização forte, vencendo o goleiro Luis Carlos, abrindo o marcador e fazendo CRB 1 a 0. Logo após o gol, o árbitro encerrou a etapa incial.

Logo no começo do 2º tempo, Matheus Oliveira, que entrou no lugar da Wallace Bonilha, acertou um lindo chute de fora da área e forçou o goleiro Andrey a fazer uma grande defesa.

Oeste e CRB fizeram um segundo tempo eletrizante na Arena Barueri

 

O Oeste voltou mais atirado para o 2º tempo. Mas nos minutos iniciais, o CRB conseguiu se defender bem. O time paulista seguia pressionando. Fábio, artilheiro do Oeste na Série B, desperdiçou uma oportunidade, sozinho no meio da área. Dois minutos depois, aos 20 minutos, o artilheiro não perdoou. Cruzamento de Elvis na área, Caetano não dominou, a bola continuou dentro da área sem que um jogador do CRB cortasse, Roberto tentou a finalização, mas a bola ‘procurou’, o artilheiro, Fábio empurra para o gol e empata o jogo: 1 a 1.

Após o empate, o Oeste chegou ao gol da virada dois minutos depois.

Tomando a virada, o CRB começou a intensificar jogadas ofensivas. Aos 38 minutos, Elvis chutou forte da entrada da área e Luis Carlos faz uma grande defesa. No minuto seguinte, o CRB chegou ao empate. Após a bola alçada na área, Igor Cariús consegue o primeiro desvio e a bola sobra para Léo Ceará, ele empurra para o fundo do gol e recoloca o CRB no jogo: 2 a 2.

Como apenas a vitória interessava ao CRB para seguir na briga pelo G4, o Galo seguiu insistindo e foi premiado aos 44 minutos. Em um contra-ataque, Williams Santana toca para Léo Cerá e dentro da área, o camisa 9 domina e acerta um lindo chute, acertando um chutaço! Era o gol da virada do CRB  3 a 2.

Depois do gol da virada, o CRB parecia conseguir a tão importante vitória para este momento de decisão. Já aos 47 minutos, o Oeste partiu o abafa final e em um cruzamento, o zagueiro Cleber Reis cabeceou, até em um lance lento e com a bola viajando muito, venceu o goleiro Andrey e decretou um empate incrível: 3 a 3.

Alisson Farias voltou a ser um dos destaques do CRB em mais uma partida

 

Ficha Técnica

Oeste 3 x 3 CRB

Campeonato Brasileiro – Série B – 32ª Rodada

Local: Arena Barueri (Barueri-SP)

Árbitro: Jonathan Antero Silva (CBF-RO)

Árbitro Assistente 1: Márcia Bezerra Lopes Caetano (CBF-RO)

Árbitro Assistente 2: Adenilson de Souza Barros (CBF-RO)

4º Árbitro: Ilbert Estevan da Silva (CBF-SP)

Renda: R$ 24.470,00 Público: 1.375 torcedores

Cartões Amarelos: Salomão. Felipe (Oeste) Williams Santana (CRB)

Gols: Alisson Farias (CRB) 47’ do 1º t; Fábio(Oeste) 20’ e Thiaguinho(Oeste) 22’ , Léo Ceará (CRB) 39’ e 44’ e Cleber Reis (Oeste) 47’do 2º t

Equipes:

Oeste: Luis Carlos, Felipe, Cleber Reis, Caetano e Salomão(Cesinha); Matheus Jussa, Wallace Bonilha(Matheus Oliveira); Thiaguinho, Elvis e Mazinho(Roberto); Fábio

Técnico: Renan Freitas

CRB: Andrey, Daniel Borges, Wellington Carvalho, Edson Henrique e Igor Cariús; Claudinei e Lucas Siqueira(Edson Cariús); Iago(Elton), Alisson Farias e Willie(Williams Santana); Léo Ceará

Técnico: Marcelo Cabo

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.