PRÉ JOGO

  • sexta, 09 outubro 2020 00:00
Sequência positiva trás um alto astral no ambiente azulino Sequência positiva trás um alto astral no ambiente azulino Augusto Oliveira - ASCOM CSA

Vivendo melhor momento, CSA tenta 1ª vitória contra adversário da parte de cima da tabela

 

Nadson pode ser titular contra o Paraná - Foto: Augusto Oliveira - ASCOM CSA

 

Por Alberto Oliveira

 

CSA e Paraná se enfrentam neste sábado em momentos bem opostos. Enquanto o CSA vive um momento de recuperação na Série B, conseguindo deixar a lanterna da competição e se aproximando do grupo dos dez primeiros dentro da classificação, o Paraná enfrenta um momento de queda, despencando da liderança até ficar fora do G4 e já chegando a quatro jogos sem vitória.

Em um recorte das últimas cinco partidas, o time azulino tem um larga vantagem sobre o time paranista. Com quatro vitórias e uma derrota, o CSA fez 12 em 15 pontos disputados. Já o Paraná fez apenas sete, com uma vitória, quatro empates e uma derrota, conseguindo menos da metade dos pontos disputados. Há quase um mês, o Paraná não sabe o que é vencer. A última vitória ocorreu em 14 de setembro quando o Paraná vencer o CRB por 2 a 0.

O CSA tem um bom índice como mandante apresentando um aproveitamento de 61,6%, sendo o quinto melhor mandante da Série B. São treze pontos conquistados em 21 disputados, com quatro vitórias, um empate e duas derrotas. Já como visitante, o Paraná apresenta um equilíbrio no desempenho. São oito pontos em dezoito que disputou, perfazendo um aproveitamento de 44,1%. O time obteve duas vitórias, dois empates e duas derrotas nos seis jogos.

Apesar da recuperação dentro da competição, o CSA soma 16 pontos contra 23 do Paraná, ou seja, sete a menos que o time paranaense. Apesar desta distância, o CSA já ocupa a 12ª posição após figurar algumas rodadas entre os piores. Em cinco das 14 rodadas disputadas até agora, o CSA esteve no Z4, inclusive, ocupando a lanterna em uma rodada. Já o Paraná tem uma regularidade absurda e esteve no G4 em doze das 14 rodadas disputadas, sendo inclusive líder da competição em três oportunidades.

CSA

 

Paulo Sérgio segue como esperança de gols para o CSA - Foto: Augsuto Oliveira- ASCOM CSA

 

Nas últimas rodadas, o CSA apresenta uma grande reforço: o time conta com a confiança dos seus homens de frente em busca do gol . As jogadas tem saído com mais naturalidade e principalmente com mais precisão.

A consistente vitória contra o Figueirense aumentou a confiança em todos no clube clube azulino. Mozart Santos teve algumas sessões de treinamento para buscar aperfeiçoar a construção ofensiva do clube. O treinador tem praticamente todos os jogadores à disposição. Allano que estava suspenso após a expulsão no jogo contra o Sampaio Corrêa foi relacionado e também é opção para o jogo.

PARANÁ

Renan Bressan é a principal referência técnica no Paraná - Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

 

O time comandado por Alan All tem uma campanha bem consistente ao longo da Série B. Frequentando a zona de acesso para Série B praticamente em todas as rodadas disputadas até agora, mesmo neste instante em que as vitórias estancaram, o Paraná só deixou o G4 na última rodada.

O técnico Alan All terá no jogo contra o CSA pelo menos duas mudanças obrigatórias. O lateral Paulo Henrique está suspenso após receber o terceiro cartão amarelo. O zagueiro Fabrício está em transição mas ainda não reúne condições de jogo e o outro zagueiro Roberto está lesionado após uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito e passará por um processo cirúrgico.

O técnico paranista contará com o zagueiro Salazar e com o lateral direito Toninho Paraíba mas tem algumas dúvidas no meio campo e no ataque, dúvidas que só serão definidad momentos antes da partida.

 

CSA x Paraná

Campeonato Brasileiro – Série B – 14ª Rodada

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)

Início: 18h30

Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli (CBF-MG)

Árbitro Assistente 1: Marcus Vinicius Gomes (CBF-MG)

Árbitro Assistente 2: Helen Aparecida Gonçalves Silva Araújo (CBF-MG)

4º Árbitro: Helder Brasileiro de Aquino (CBF-AL)

Prováveis formações

CSA: Matheus Mendes, Diego Renan, Cléberson, Luciano Castán e Rafinha; Geovani, Yago e Nadson; Rodrigo Pimpão, Paulo Sérgio e Pedro Júnior

Técnico: Mozart Santos

Paraná: Alisson, Toninho, Salazar, Hurtado e Jean; Jhony Douglas e Higor Meritão (Karl); Gabriel  Pires, Renan Bressan e Andrey (Marcelo; Léo Castro

Técnico: Allan All

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.