MAIS UM

  • sábado, 10 outubro 2020 00:00
Contra o CRB, Guarani chega a primeira vitória em casa na Série B Contra o CRB, Guarani chega a primeira vitória em casa na Série B Israel Oliveira/Guarani FC

Em jogo com erros de marcação, CRB sofre com o Guarani e é derrotado por 3 a 1

 

Não é apenas uma impressão. O CRB mais uma vez ‘levantou um defunto’ na Série B do Campeonato Brasileiro. Isso já havia acontecido com o Sampaio Corrêa e na tarde deste sábado, 10, o novo ‘ressuscitado’ foi o Guarani. Penúltimo colocado na tabela de classificação, o Guarani não havia vencido em casa e no confronto contra o CRB conseguiu sua primeira vitória em Campinas aplicando 3 a 1 no CRB.

A situação do Galo começou a complicar antes dos vinte minutos da etapa inicial. Em falhas de marcação pelos lados de campo, o Guarani chegou a 2 a 0, primeiro com Lucas Crispim e depois com Waguinho. Dois minutos depois, Diego Torres fez um golaço e deu a esperança do Galo entrar no jogo. Mas o time depois não conseguiu reagir. No final do jogo, Arthur Resende ainda fez o terceiro após penalidade cometida por Ewerton Páscoa.

Com o resultado, o CRB ocupa a nona colocação na tabela de classificação com 20 pontos. Já o Guarani chegou aos 14 pontos na 18ª posição.

Na próxima quarta-feira, o CRB pagará um jogo adiado contra a Chapecoense. Já o Guarani enfrentará o líder Cuibaá, na próxima terça-feira, 13, ás 21h30, no Brinco de Ouro da Princesa em Campinas.

O jogo

O Guarani começou a partida de forma mais intensa. A equipe bugrina marcava mais forte, tinha mais apetite e incomodava a defesa do CRB. Logo no começo, o CRB não conseguiu diminuir espaços pelo lado de campo. O cruzamento surgiu pelo lado direito com Junior Todinho indo ao fundo e cruzando, a bola atravessou toda a área e Lucas Crispim se atirou na bola de carrinho, antecipando-se a Xandão e Igor Carius e empurrou para o fundo do gol: Guarani 1 a 0.

Sem conseguir articular jogadas para organizar para atacar, o CRB tinha dificuldade e tentava crescer no jogo. Mas a equipe regatiana permanecia sem conseguir diminuir a marcação. Assim como aconteceu com Lucas Mendes pelo lado direito, o fato se repetiu pelo esquerdo. Igor Cariús não diminuiu a marcação, Pablo recebeu pelo lado esquerdo, cruzou e no meio da zaga Waguinho chegou de cabeça e empurrou para o gol: Guarani 2 a 0.

O cenário era o pior possível. Com dezoito minutos, o CRB tomando 2 a 0, mas logo depois, o CRB chegou ao gol que lhe colocaria novamente na partida. Após um erro de saída do Bugre, Calazans recuperou a bola e acionou Diego Torres, que na entrada área e sem marcação, soltou um canhão, venceu o goleiro, fazendo o segundo gol no segundo jogo seguido.

O gol e o posicionamento melhor em termos de sistema defensivo, deu ao CRB uma sobrevivência no jogo. Com os erros estancados, o Galo melhorou e passou a pressionar o Bugre. Em pelo menos dois lances, o time quase conseguiu o empate. Diego Torres e Calazans tentaram as finalizações e forçaram o Gabriel Mesquita a fazer duas boas defesas. O jogo no primeiro tempo terminou desta maneira.

No segundo tempo, o CRB voltou equilibrando mais as ações. Aos 19 minutos, Igor Cariús recebeu o passe de Diego Torres, driblou na entrada da área e forçou o goleiro do Bugre a fase boa defesa. Giovanny deu a resposta logo a seguir com um chute rasteiro, assustando o goleiro Edson Mardden.

O CRB seguia sem efetividade, sem incomodar a defesa do Guarani.  No final da partida, o Guarani ainda teve uma penalidade cobrada e convertida por Arthur Resende: 3 a 1.

 

Ficha Técnica

Guarani 3 x 1 CRB

Campeonato Brasileiro – Série B – 15ª Rodada

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa (Campinas-SP)

Árbitro: Charly Wendy Straub Deretti (CBF-SC)

Árbitro Assistente 1: Alex dos Santos (CBF-SC)

Árbitro Assistente 2: Johnny Barros de Oliveira (CBF-SC)

4º Árbitro: Humberto José Junior (CBF-SP)

Cartões Amarelos: Alisson Safira, Claudinei, Thiaguinho, Darlisson, Ewerton Páscoa (CRB) Gabriel Mesquita (Guarani)

Gols: Lucas Crispim (Guarani) 4’, Waguinho (Guarani) 17’, Diego Torres (CRB) 19’do 1º tempo; Arthur Resende (Guarani) 44’ do 2º tempo

Equipes:

Guarani: Gabriel Mesquita, Cristovan ((Giovanny), Didi, Walber e Bidú; Deivid, Eduardo Person (Arthr Resende) e Lucas Crispim (Lucas Abreu);  Pablo (Romércio), Waguinho (Renanzinho) e Junior Todinho

Técnico: Sérgio Baresi

CRB: Edson Mardden, Lucas Mendes (Thiaguinho), Ewerton Páscoa, Xandão e Igor Carius; Claudinei e Moacir); Marquinhos Calazans (Bill), Diego Torres e Iago Dias; Alisson Safira (Darlisson)

Técnico: Marcelo Cabo

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.