DESEJO DO HERMANO

  • sexta, 26 junho 2015 00:00
Cañete e Isac foram apresentados pela direção do CRB Cañete e Isac foram apresentados pela direção do CRB Alberto Oliveira

Cañete fala sobre oportunidade no CRB e  falta de adaptação no São Paulo 

 

 

O meia argentino Cañete já foi apresentado e já treina no CRB.  O jogador teve o primeiro contato com o elenco e com a comissão técnica e em seguida iniciou trabalhos físicos com o preparador físico, Adriano Oliveira.

 

Após o treinamento, Cañete teve o primeiro contato com a imprensa, onde foi apresentado e falou sobre sua chegada ao CRB. “A contratação foi muito rápida. Falei com meus empresários e acertei a situação e vim para cá”, disse o jogador.

 

Com passagem pelo São Paulo, o meia argentino explicou porque optou em vir para o CRB e manter-se no futebol brasileiro. “Eu sou um cara que aonde vou tento fazer o meu melhor. E acho que tenho esta pendência no Brasil. Ainda está a desejar. Fiquei para cumprir este desejo ”, disse o jogador.

 

O novo meia do CRB revelou o motivo pelo qual  não conseguiu render no Brasil – e , especialmente no São Paulo. “Quando cheguei no São Paulo eu me machuquei. O jogador tem que se levantar e continuar e não tenho que dar mais desculpas. Depois não consegui me adaptar, não consegui me achar. O São Paulo é um clube grande e precisava pegar ritmo e estava machucado. Eu não consegui me adaptar rápido”, revelou o meia regatiano.

 

Cañete finalizou a conversa com suas características como jogador. “Eu gosto muito de chamar o jogo, de ser o líder da bola, de criar o jogo, armar o jogo, enfiar a bola para os atacantes e também chutar, procurar o gol”, finalizou.

 

Cañete já iniciou o processo de recuperação física. Ele atuou pela última vez no mês de abril no Paulistão. Além disto, o jogador também aguarda sua regularização.

 

Quando cheguei no São Paulo eu me machuquei. O jogador tem que se levantar e continuar e não tenho que dar mais desculpas. Depois não consegui me adaptar, não consegui me achar. O São Paulo é um clube grande e precisava pegar ritmo e estava machucado. Eu não consegui me adaptar rápido.

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.