MOSTROU FORÇA

  • domingo, 14 maio 2017 00:00
Marcos Antonio agradece gol, grande atuação e vitória importante sobre o ASA Marcos Antonio agradece gol, grande atuação e vitória importante sobre o ASA Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

CSA goleia ASA, aplica 3 a 0 e começa de forma positiva a disputa da Série C

 

O CSA não tomou conhecimento do ASA na estreia da Série C do Campeonato Brasileiro. Jogando de forma eficiente no aspecto ofensivo, o CSA goleou o ASA por 3 a 0 no 1º compromisso da Série C. Marcos Antonio e Michel marcaram no 1º tempo e já no final do 2º tempo, Vanger cobrando pênalti, decretou a vitória do time azulino na competição.

Jogando em casa e vindo da perda do título, o CSA conseguiu encaixar mais ofensividade e foi eficiente. No tempo inicial, o CSA teve dificuldade no aspecto defensivo, mas foi mortal utilizando bola pelo lado de campo, usando situações de profundidade. Thiago Potiguar participou dos dois lances nos gols marcados no tempo inicial.

No tempo final, o CSA controlou o jogo, deu o campo para o ASA e tentou matar o jogo no contra-ataque. Foi assim, quando já tinha um jogador a mais, após a explusão de Leanderson, que o CSA chegou ao terceiro gol em um penalidade bem batida por Vanger.

Com o resultado, o CSA assume a liderança provisória da grupo A, com três pontos e com saldo de gols dos três gols. Já o ASA fica na lanterna do grupo sem pontuar e com saldo negativo.

Na próxima rodada, o CSA enfrentará o Sampaio Corrêa, no Estádio Castelão, em São Luis (MA). Já o ASA jogará em casa enfrentando o Remo, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, também ás 16h.

Nos outros jogos do grupo A, os resultados foram os seguintes: Moto Clube 1 x 2 Sampaio Corrêa; Botafogo (PB) 0 x 0 Cuiabá ; Remo 1 x 0 Fortaleza. Nesta segunda feira, o Salgueiro enfrentará o Confiança.

O Jogo

Bem diferente do que apresentou no estadual, o CSA começou a partida de forma mais forte, com uma transição mais eficiente. Em pelo menos três oportunidades, o CSA criou situações para finalizar e conseguir a vantagem no marcador. Mas o CSA pecava no último passe e Marcos Antonio e Thiago Potiguar erravam os passes que poderiam dar uma sequência positiva a sequência da jogada.

Sem conseguir a eficiência na troca de bola, o CSA perdeu espaço no meio campo. O ASA adiantou seus volantes, ganhou o meio campo e dominou o jogo. Leandro Kível assustou em uma cobrança de falta.

Aos 31 minutos, o CSA articulou uma jogada importante pelo lado direito do ataque. Tudo começou com Daniel Costa que de cabeça colocou o Thiago Potiguar em condições de avançar, Potiguar cruzou e no outro lado, Marcos Antonio dominou, deu um come e deixou o zagueiro Eron sentado e finalizou com perfeição. CSA 1 a 0.

No finalzinho do primeiro tempo, o CSA roubou uma bola com Celsinho e a bola chegou ao atacante Michel, que chamou o zagueiro do ASA para dançar, cortou para fora, deu um novo corte para dentro e de fora da área, Michel finalizou tirando o goleiro Carlão do lance e marcando um belo gol: CSA 2 a 0.

O CSA começou com todo o gás no 2º tempo. Logo aos dois minutos, o time azulino criou um contra-ataque, Daniel Costa dominou sozinho, já dentro da área, deu um corte no zagueiro e bateu no canto contrário, tentando o terceiro gol azulino.

Já aos 43 minutos, Dick acreditou em uma jogada e na dividida foi derrubado pelo goleiro Carlão dentro da área. Vanger bateu com muita qualidade, no lado aposto do goleiro Carlão: 3 a 0.

Ficha Técnica

CSA 3  x 0 ASA

Campeonato Brasileiro – Série C – 1ª Rodada – Grupo B

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió)

Árbitro: Júlio César Farias (CBF-AL)

Árbitro Assistente 1: Pedro Jorge Santos (CBF-AL)

Árbitro Assistente 2: Rondinelle Santos Tavares (CBF-AL)

Renda: R$  Público:

Cartões Amarelos: Jhullian, Leanderson, Djalma, Leandro Kível (ASA) Daniel Costa, Cristiano (CSA)

Expulsões: Leanderson (ASA)

Gols: Marcos Antonio (CSA) 31’ e Michel (CSA) 46’ do 1º tempo; Vanger (Pênalti-CSA) 44’ do 2º tempo

Equipes:

CSA: Mota, Celsinho, Thales, Leandro Souza e Rafinha; Dawhan, Marcos Antonio, Everton Heleno (Boquita) e Daniel Costa(Vanger); Michel (Dick) e Thiago Potiguar

Técnico: Ney da Mata

ASA: Carlão, Douglas(Everton), Eron, André Lima e Airton(Léo Campos); Mazinho(Djalma), Juninho, Leanderson e Tiago Souza; Leandro KJível e Jhullian

 Técnico: Maurílio Silva

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.